Saúde realiza medidas de combate e prevenção ao mosquito Aedes aegypti

0
1750

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) da cidade de São Paulo tem intensificado o combate ao mosquito Aedes aegypt devido à sazonalidade da dengue, uma vez que a doença tem maior incidência no período do ano onde as condições climáticas, em razão das chuvas e do calor, favorecem naturalmente a proliferação do vetor.

As ações têm como objetivo a eliminação do mosquito adulto, além da conscientização da população sobre os perigos da dengue. A Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) e a Divisão de Vigilância de Zoonoses (DVZ) têm realizado buscas ativas e forças-tarefas, feitas pelas equipes das Unidades de Vigilância em Saúde (Uvis), com visitas em domicílios e pontos estratégicos da capital.

O foco é o controle larvário com o uso de larvicida biológico, bloqueios de transmissão, eliminação manual de criadouros, nebulização de inseticidas com máquinas de nebulizações ultrabaixo volume (UBV) veicular e costal e atendimento às solicitações de munícipes.

Transmissão e sintomas

A dengue é uma das arboviroses mais comuns, transmitida pela picada do Aedes aegypt, e umas das formas mais eficazes de preveni-la é evitar possíveis criadouros do mosquito. Para isso é essencial eliminar focos de proliferação do mosquito, como objetos que acumulam água parada (vasos, pratinhos, potes e garrafas, por exemplo).

Os principais sinais da doença são:

• Dor abdominal intensa e contínua;
• Vômitos persistentes;
• Tontura, principalmente quando fica de pé;
• Sangramentos de mucosa;
• Sonolência ou muita irritabilidade.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.