Santamarenses se reúnem em lançamento de livro sobre cemitério de Santo Amaro

1
731

“O Cemitério de Santo Amaro: Segredos ainda não revelados”, de Inez Garbuio Peralta, conta a história do cemitério mais antigo de SP

 

No dia 26 de fevereiro, em Santo Amaro, foi realizada a noite de autógrafos do livro “O Cemitério de Santo Amaro: Segredos ainda não revelados”, de Inez Garbuio Peralta.
“Esse é um assunto que está muito próximo das pessoas. Cemitério todo mundo sabe onde é. Todo mundo conhece. Uns têm medo, outros não, mas todos têm uma relação muito próxima com o cemitério. Todos nós uma vez ou outra vamos a um funeral, a um velório, e esse assunto atrai bastante o interesse das pessoas”, disse Inez.
A autora é graduada em História pela Universidade de São Paulo, onde deu aula durante 30 anos. O interesse pelo tema do livro surgiu através de pesquisas sobre Santo Amaro, e com a sua participação em plebiscitos sobre a autonomia do bairro, além de descobrir que o Cemitério de Santo Amaro é o mais antigo de São Paulo. O cemitério foi criado em 1856, 55 anos após uma ordem régia decretada pelo então Príncipe Regente D. João VI. Nela, exigia-se o término de sepultamentos em igrejas e capelas, tanto por falta de espaço quanto por medidas sanitárias.
O subprefeito da Sé, Roberto Arantes Filho e Thiago Dias, superintendente de Serviços Funerários da Prefeitura, estiveram na noite de autógrafos 
A subprefeita de Santo Amaro, Janaina Lopes de Martini prestigiou o evento
Inez disse que a noite foi muito importante, “pela presença de pessoas novas que não puderam estar no lançamento do livro. Muitos santamarenses se interessam pela história de Santo Amaro, gente antiga também está aqui”. Estiveram presentes o atual subprefeito da Sé, Roberto Arantes Filho; Thiago Dias, superintendente de Serviços Funerários da Prefeitura; e a subprefeita de Santo Amaro, Janaina Lopes de Martini.
Inez também é autora de outros livros como “Santo Amaro: um século de autonomia” e “O caminho do mar: subsídios para a história de Cubatão”.
- Patrocinado -

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta para Julia Cancelar comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.