Representantes de Santo Amaro recebem homenagem no Prêmio Desenvolvimento

0
333

Promovido pela Revista Ideias da Sul, a premiação fez parte do calendário oficial de comemoração dos 468 anos do bairro


O CETRASA – Centro de Tradições de Santo Amaro – foi palco da 5ª edição do Prêmio Desenvolvimento. Promovido pela Revista Ideias da Sul, a premiação fez parte do calendário oficial de comemoração dos 468 anos do bairro.

O prêmio visa homenagear pessoas que tiveram alguma ação de representatividade ao longo do ano por toda a região de Santo Amaro.

Foram homenageados: Isidro Sanene, professor e escritor; Drª Mylene Pereira Ramos Seidl, Juíza do Trabalho; Claudio Junqueira, Jornalista e escritor; Drª Samir Salman, diretor do Hospital Premier; Drª Juliana Lopes Bussacos, Delegada Titular da 6ª Delegacia da Mulher; Leonardo Ugolini, diretor da Ciesp Sul CDC; Orlando Silva e os campeões da “Taça das Favelas” em 2019, do Parque Santo Antonio; Débora Garofalo, professora finalista do Nobel da Educação e Rayanne P. Silva Campos, psicóloga e psicopedagoga.

“Foi uma surpresa muito gratificante. Ter o reconhecimento de todo o trabalho que é feito no Valo Velho, em Santo Amaro, com ações sociais feitas com as mulheres, para mim é uma honra”, afirmou Rayanne.

Outras instituições foram agraciadas com o prêmio como a Escola Grau Técnico; Apsen Farmacêutica; Orquestra Filarmônica de Santo Amaro e o CETRASA, em nome de seu presidente, Dr. José Carlos Bruno.

“O professor Diego Mahfuz, finalista do prêmio Nobel de Educação de 2018 e o cantor Ângelo Máximo também foram homenageados mas, como não puderam comparecer, receberão seus prêmios em uma outra oportunidade”, explicou Luiz Da Sul, idealizador do evento.

Além de amigos e familiares dos premiados, representantes das principais instituições santamarenses compareceram ao evento e entregaram o troféu para os homenageados, entre eles: Janaína Lopes Martini, subprefeita de Santo Amaro; Antônio Souza, superintendente da Associação Comercial de São Paulo – Distrital Sul; os vereadores Zé Turin e Gilberto Natalini.

“Pra gente é uma alegria. Me considero santamarense pelos feitos realizados como morador, empresário do comércio e pela missão que Deus me confiou como vereador. É um bairro histórico, mais antigo que São Paulo, que merece todo nosso carinho e nosso respeito”, afirmou Zé Turin.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.