Projeto de Lei que altera o funcionamento dos semáforos durante a madruga avança na Câmara Municipal

0
7

Semáforos escolhidos pela Prefeitura ficarão no alerta amarelo entre as 0h e 5h, com redução das multas neste horário


Em reunião realizada nesta quarta-feira, na Câmara Municipal, a Comissão de Finanças e Orçamento se mostrou favorável a mudança no Projeto de Lei 713/2017 que determina o funcionamento dos semáforos no município após as 23h.

De acordo com a ideia do vereador Aurélio Nomura (PSDB), a proposta visa alterar o “caput” do art. 1º e o parágrafo único da Lei nº 13.332, de 2 de abril de 2002, estabelecendo o funcionamento dos semáforos em alerta amarelo das 0h às 5h em cruzamentos determinados pela Prefeitura.

Além disso, também seriam deixados de multar os motoristas que avançam no sinal vermelho durante esse horário à motoristas que avançarem à, no máximo, 20 km/h. Para o vereador Nomura, “no período da noite e durante a madrugada, ocorrem com muita frequência assaltos a veículos que param em semáforos com sinalização vermelha, fato este que vem causando muitos danos e colocando em risco a vida dos motoristas paulistanos e brasileiros”.

A justificativa se dá pela fiscalização eletrônica fazer o que foi programado para fazer, multar quem comete as infrações de avançar no sinal vermelho, sem considerar as questões humanas do momento, como evitar ficar parado em local com pouca iluminação com risco de ser assaltado.

A vereadora Janaína Lima (NOVO) defende a proposta e acrescenta: “Principalmente nós mulheres, dirigindo na madrugada, acontece qualquer coisa, a vulnerabilidade do cidadão de madrugada, tendo que parar principalmente em locais com pouca iluminação… É muito importante esse projeto não somente ser aprovado pela nossa Comissão, como também trabalharmos para sua aplicação”.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.