16.4 C
São Paulo
domingo, 26 junho, 2022
Mais

    Prefeitura investe mais de R$ 41 milhões em obras nos córregos Diniz e dos Brancos

    Mais lidas

    A Prefeitura de São Paulo concluiu a primeira etapa das obras de canalização e contenção das margens dos córregos Diniz e dos Brancos, na Zona Sul da cidade. As intervenções, que estão sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb), foram iniciadas em julho de 2021, e receberão, no total, um investimento de R$ 41,3 milhões. Os recursos são provenientes do Fundo Municipal de Saneamento (FMSAI). O prefeito Ricardo Nunes vistoriou os trabalhos na manhã desta segunda-feira (07).

    No Córrego dos Brancos, a Prefeitura concluiu a canalização de um trecho de 150 metros junto à rua Professor Paulo Assis Ribeiro. Com a implantação do novo canal, a erosão das margens do córrego foi contida, garantindo assim a segurança das instalações da AMA Capão Redondo e do pontilhão da Rua Professora Eunice B. de Oliveira.

    “Essa obra vai continuar nessa importante área e que sofre muito com alagamentos. Nossa equipe tem se dedicado e trabalhado para podermos melhorar a qualidade de vida das pessoas”, afirmou o prefeito Ricardo Nunes.

    A segunda etapa das obras de canalização do Córrego dos Brancos acontece entre as ruas Goioxim e Professor Paulo Assis Ribeiro, em um trecho de 170 metros. Os trabalhos foram iniciados em janeiro e serão concluídos em julho deste ano.

    No Córrego Diniz, na altura da rua Francisco de Holanda, a canalização de um trecho de 200 metros foi concluída. No local, foi executada também a recomposição do pavimento asfáltico e da rede de micro drenagem que havia sido danificada pela erosão das margens do córrego.

    “Estamos na direção do que o prefeito tem recomendado: cuidar das pessoas nas áreas mais periféricas da cidade”, disse o secretário municipal de Infraestrutura Urbana e Obras, Marcos Monteiro.

    Os trabalhos estão sendo feitos agora na canalização de mais 120 metros do Córrego Diniz, no trecho entre a estrada do Campo Limpo e a avenida Amadeu da Silva Samelo. Em toda a extensão também serão executadas a recomposição do asfalto e das redes de micro drenagem. As obras devem ser finalizadas em agosto.

    Remoções

    Segundo o prefeito Ricardo Nunes, em 2014 eram 3.178 pessoas em situação irregular na beira do córrego, classificada como risco altíssimo e com necessidade de 1.302 remoções de residências. “A prefeitura tem dado uma grande atenção para minimizar os problemas de enchentes e na retirada de pessoas de áreas de risco, evitando óbitos. São obras grandes, caras e complexas, mas a Prefeitura de São Paulo não deixará de fazer. Não são com muita visibilidade, mas o bem final é de suma importância para questões ambientais, de alagamento e nas áreas de risco”, concluiu o prefeito.

    A Siurb também está desenvolvendo os projetos executivos para a canalização de 1.380 metros do Córrego Diniz. O trecho se estende entre o Córrego Pirajussara e a rua João Miguel Fernandes Coelho. A previsão é de que os projetos sejam concluídos em abril, para posterior licitação das obras.

    “É uma área que integra o Projeto Renova, um projeto grande que foi feito em 2014 para intervenções em mais de 20 áreas grandes em São Paulo e que, infelizmente, apenas quatro andaram. Hoje a gente está conseguindo tirar do papel algo que foi pensado em 2014”, explicou o secretário municipal de Habitação, João Farias.

    Obras de contenção

    Para garantir a segurança da população e manter o bom funcionamento do sistema de drenagem da cidade, a Siurb vem executando, desde 2021, importantes obras pontuais dentro dos bairros. São ao todo, 37 ações de contenção de taludes, encostas, e recomposição de galerias que representam um investimento de, pelo menos, R$ 230 milhões. Destas obras, dez já foram finalizadas, localizadas nos córregos Rio Verde, Itaquera Mirim, Rapadura, além das ruas André Lens, Dr. Jairo Franco, Augusto Franco, Pascoal Ranieri, Av. Imperador, Av. Presidente Wilson e Marginal Pinheiros (altura da Estação Morumbi).

    Na Zona Sul, atualmente, a Prefeitura executa obras de contenção de margens nos córregos Diniz, Água dos Brancos, Moenda, Engenho e Jardim Letícia. Na região, também estão em andamento nos sistemas de drenagem das ruas Silvia Stefani, Ilha de Santa Fé, Luz Soriano, Pacari da Mata e Vasconcelos Drumont.

    Para a Zona Leste, a Siurb empenha esforços nas obras de contenção nos córregos Rola Moça, Morro Grande, Caguaçu, Ribeirão Guaratuba, Jequitiba, Maranhão e Av. Jacu-Pêssego. As ruas Rio Araranga, Dr. Miguel Guimarães e Ilha dos Papagaios também estão recebendo melhorias em seus sistemas de escoamento das águas, assim como as galerias que passam pela EMEI Galhardo.

    Os córregos Jaguarezinho e Itararé, na Zona Oeste, também estão passando por obras para estabilização de suas margens. Na Zona Norte, os trabalhos estão concentrados nas encostas do Córrego Tremembé e nas galerias da Av. Jardim Japão e Rua Augusto Franco de Souza.


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas