Prefeitura e Governo do Estado criam Distrito Turístico Urbano para requalificação da região central

0
216

O perímetro inicial estabelecido para o Distrito Turístico do Centro contempla mais de 50 atrativos turísticos, 60 estabelecimentos gastronômicos, 76 meios de hospedagem e mais de uma centena de opções de compra e entretenimento


O prefeito Ricardo Nunes e o governador Tarcísio de Freitas anunciaram um conjunto de ações para dar mais fôlego às medidas já adotadas para a revitalização do Centro da capital, como a criação do primeiro Distrito Turístico Urbano do Brasil, a regulamentação da nova lei do Triângulo e Quadrilátero e consulta pública para o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Também foram entregues as primeiras unidades habitacionais do Residencial “João Octaviano Machado Neto”, com 190 apartamentos

Nunes detalhou que está reformando os 23 calçadões da região conhecida como Triângulo Histórico, com um investimento de R$ 63 milhões. “Agora vamos fazer o Quadrilátero da República, que são outros 14 que a gente já vai licitar para reformar todos. Então, dentro do perímetro do Triângulo Histórico e do Quadrilátero da República nós teremos mais incentivos fiscais, como o desconto do IPTU, redução do ISS para várias atividades, saindo de 5% para 2%, agilidade nos processos, criação de um comitê de via rápida”, disse.

De acordo com o governador Tarcísio de Freitas, a parceria entre Prefeitura e Governo do Estado vai movimentar a região ao levar as pessoas de volta para o Centro para morar e trabalhar.

O Distrito Turístico do Centro de São Paulo concentrará o famoso Triângulo Histórico de São Paulo, incluindo o Largo São Bento e o Pateo do Colégio, ruas comerciais temáticas, como a 25 de Março, a São João, a Ipiranga, a General Osório, a Santa Efigênia e a São Caetano, e equipamentos turísticos como o Mercado Municipal e o Vale do Anhangabaú.

O Distrito Turístico do Centro de São Paulo será o primeiro do tipo urbano do Brasil, e é o quinto distrito turístico do Estado. Sua criação foi proposta oficialmente em 2023 pelo Comitê Intersecretarial #TodosPeloCentro, por meio de uma carta de intenções assinada pelo prefeito Ricardo Nunes, com e apoio do Governo de São Paulo. Seus contornos foram desenhados após um amplo estudo do contexto turístico da região. Uma consulta pública debateu a viabilidade do novo modelo de governança, com seus desafios e oportunidades, a partir de fóruns realizados com a população. As atividades terão início após a composição do Conselho Gestor do Distrito Turístico.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.