Os impactos da pandemia na educação: como retomar o crescimento desde já?

0
18

Ainda é muito cedo para compreendermos a amplitude dos efeitos causados pela pandemia da Covid-19 em todos os setores da economia e da sociedade. Isso é indiscutível. Mas será que devemos esperar pelo fim dos seus desdobramentos antes de iniciarmos mudanças importantes?

Como definiu muito bem a ONU, a educação é a chave para o desenvolvimento pessoal e para o futuro das sociedades, uma vez que abre oportunidades e reduz as desigualdades.

Refletindo sobre essa afirmação, não há como não se sensibilizar com a informação de que mais de 1 bilhão de estudantes em mais de 190 países foram impactados por escolas fechadas em razão da pandemia. Esta foi a maior interrupção da educação de todos os tempos.

Desde abril de 2020, temos acompanhado os noticiários nacionais alertando para a instabilidade financeira das famílias, refletindo na migração de milhares de estudantes das escolas privadas para as redes públicas municipais e estaduais.

Será que não há solução palpável para ajudar a equacionar uma crise sazonal, promovendo a estabilidade necessária para que as escolas privadas mantenham-se saudáveis financeiramente?

Em paralelo, o mercado de startups no Brasil vive um momento de otimismo, trazendo dinamismo para resolver uma série desses problemas – que incluem gestão educacional e instabilidade financeira das escolas. Um estudo realizado pelo Distrito, mostra que mais de US$ 3,5 bilhões foram investidos em startups brasileiras em 2020, o melhor ano da história do setor.

Por isso acredito que nós, como sociedade, devemos mobilizar ao máximo esses esforços e direcioná-los o quanto antes ao que mais importa: a educação dos nossos jovens.

É hora de perseguirmos juntos a meta de ampliar a oferta de uma educação de qualidade, acessível, para aqueles que mais precisam. Vamos juntos?


LARS JANÉR é CEO do Educbank e ex-General Manager para América Latina da Instructure, líder mundial em tecnologia educacional

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.