Moradores de Moema pagam o segundo condomínio mais caro de São Paulo

0
736

O único bairro de São Paulo que tem a cota de condomínio mais alta, além de Moema, é o Jardins. A menor cota foi registrada no Tatuapé, Zona Leste

 

Um morador de Moema paga, em média, R$ 1.716,61 por mês com o condomínio. Este valor está registrado em um levantamento da maior administradora de condomínios do país, a Lello, com base em dados do mês de janeiro deste ano.
O único bairro de São Paulo que tem a cota de condomínio mais alta, além de Moema, é o Jardins, onde os moradores pagam R$1.718,07 por mês. A menor cota foi registrada no Tatuapé, Zona Leste, no valor de R$ 1.048,16.
De acordo com Angelica Arbex, gerente de Relacionamento com o Cliente da Lello Condomínios, o valor do condomínio é relativamente maior em regiões em que os condomínios tem muitos funcionários e serviços com manutenção, como acontece nos Jardins e Moema.
“A maior despesa de um condomínio, correspondente a cerca de metade do total, é a folha de pagamento mais os encargos. Quanto menor o número de apartamentos, menor será o rateio e maior tende a ser o valor da cota paga pelos moradores”, explica.
Outras regiões da Zona Sul também registraram uma cota alta no valor médio do condomínio: R$ 1.650,95 na Vila Nova Conceição e Itaim Bibi e R$ 1.574,76 no Morumbi. A Vila Mariana registra média de R$ 1.155,65.
Uma pesquisa feita pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (CreciSP) aponta que, 2018 foi o terceiro ano seguido que o mercado de imóveis usados apresentou saldo positivo, com crescimento de 5,51% nas vendas em dezembro do último ano.
Segundo o CreciSP, “em 2015, o preço médio do metro quadrado das casas e apartamentos usados vendidos na Capital acumulou variação negativa de 6,35%, passando em 2016 a uma alta acumulada de 50,03%, que baixou para 7,46% em 2017 e subiu para 13,87% em 2018”.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.