Justiça suspende início das operações do Aquático de São Paulo

0
234
Foto Via Trolebus

Essa é a quarta vez que a Prefeitura de São Paulo terá que adiar o início da operação do transporte hidroviário na Represa Billings


A Justiça de São Paulo mandou suspender o início da operação dos barcos na represa Billings, na zona sul da capital paulista, que estava previsto para esta quarta-feira (27). A liminar foi emitida após uma ação civil pública da Promotoria do Meio Ambiente do Ministério Público.

Na decisão, o juiz Antonio Augusto Galvão de França acatou o argumento do MP de que pode haver inconsistências nos estudos de impacto ambiental que permitiu a construção do sistema hidroviário.

O magistrado reconhece que a operação vai melhorar a mobilidade na região, mas que a implantação não deve ser feita de forma precipitada, para evitar potenciais danos a um dos principais reservatórios de água do estado.

O MP anexou estudos que afirmam que o calado das embarcações, ou seja, a parte que fica submersa, é maior do que o previsto inicialmente. E que a profundidade dos trechos a serem navegados não foi mensurada de forma adequada.

Por causa disso, o movimento dos barcos poderia espalhar poluentes na água, incluindo bactérias e algas com toxinas.

Novo adiamento

Essa é a quarta vez que a Prefeitura de São Paulo terá que adiar o início da operação do transporte hidroviário na Represa Billings.

O serviço, que vai beneficiar cerca de 385 mil passageiros da região do Grajaú e Cantinho do Céu, deveria ter começado a funcionar até 30 de setembro de 2023, mas a data foi adiada pela primeira vez para o mês de dezembro.

Porém, em janeiro, o prefeito Ricardo Nunes tinha postado um vídeo ao lado do governador Tarcísio de Freitas garantindo o início da operação para o final de fevereiro.

No início de março, foram adiados mais uma vez para o dia 27 de março.

Na primeira fase, o projeto ‘Aquático SP’ prevê duas embarcações para transporte de 60 passageiros sentados.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.