Itaim Bibi registra aumento de 76% em roubos e furtos na ciclovia da Av. Faria Lima

0
116

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, foram 401 boletins de ocorrência em 2018, contra 228 em 2017, registrados nas 14º DP Pinheiros e 15º DP Itaim Bibi

 

A ciclovia do canteiro central da Av. Faria Lima, que liga os bairros do Itaim Bibi a Pinheiros, registrou um aumento de 76% nos roubos e furtos de bikes, no ano passado, em comparação com 2017.
A ciclovia, que é muito usada por quem trabalha e vive na região, não é frequentada apenas por ciclistas, mas também por quem utiliza o patinete elétrico, novo modal disponível na cidade através de aplicativos de transporte.
Os suspeitos das ocorrências são, em sua maioria, crianças e adolescentes, num grupo de até 10 integrantes que costumam abordar os ciclistas.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, foram 401 boletins de ocorrência em 2018, contra 228 em 2017, para casos de roubos e furtos registrados nas 14º DP Pinheiros e 15º DP Itaim Bibi.
O pior trecho da ciclovia da Faria Lima, segundo a SSP, é próximo ao Instituto Tomie Ohtake que não tem iluminação suficiente, o que causa insegurança para os ciclistas e pedestres.
Agentes da Guarda Civil Metropolitana passaram a usar 12 patinetes elétricos para fazer patrulhamento na região da Faria Lima e Av. Paulista, durante a semana, e também no Elevado João Goulart (Minhocão), nos finais de semana.
“São áreas de grande concentração desses veículos. A patinete é mais uma ferramenta de deslocamento do guarda, que com a sua presença tende a inibir a prática de crimes nessas localidades”, afirmou o secretário municipal de Segurança Urbana, coronel José Roberto Oliveira.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.