Há 50 anos | Um apelo dramático à CTB

0
38

Matéria publicada em 07 de abril de 1972


“Estamos nos trumbicando. Nossos clientes reclamam atenção. Nossos fornecedores dizem que somos esquivos. Entre os amigos comenta-se que somos orgulhosos. Os inimigos (poucos, felizmente) estão exultantes. Por quê? Não estamos nos comunicando. Ilhados em nossas instalações, mudos e desesperados, fazemos este apelo: Por favor ajudem-nos. Burndy do Brasil Conectores Ltda. telefones 269-2052, 269-2063, 269-3815, 269-4485, 269-5158 e 269-6482. (Mensagem de apelo à CTB)”.

Este anúncio foi inserido no último domingo em um dos nossos principais jornais. É um apelo dramático de uma das mais importantes indústrias de Santo Amaro a uma concessionária de serviço público; um apelo à Companhia Telefônica Brasileira. De há muito vimos recebendo reclamações de leitores, industriais, comerciantes, solicitando que fizéssemos alguma matéria sobre o estado calamitoso que se encontram os telefones em nosso bairro.

A Burndy é uma das muitas indústrias que vem sofrendo com a deficiência da CTB. Já se pensou, inclusive, em se fundar a Associação das Vítimas da Telefônica, entidade que ficaria encarregada de proteger aqueles que tem telefones, mas estão mudos. A indústria, o comércio, enfim todos nós esperamos que a Companhia Telefônica Brasileira olhe para o nosso bairro e encontre uma solução para os telefones de Santo Amaro.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.