GP São Paulo de Fórmula 1 foi um sucesso na corrida, nas arquibancadas e na segurança

0
6

Autódromo teve maior público da história movimentando R$ 549,2 milhões na economia da cidade


O Grande Prêmio São Paulo de Fórmula 1 de 2021 ficará eternamente gravado na memória dos fãs que compareceram ao Autódromo, na disputa pelo título, Max Verstappen fez o seu papel ao liderar a prova, mas para delírio do público, Lewis Hamilton mostrou que não é 7 vezes campeão só por causa do carro. Foi um show de pilotagem, tanto na corrida Sprint, de sábado, quanto no domingo.

No total, Hamilton ultrapassou TODOS os carros e venceu a prova de Interlagos em uma corrida épica, para os mais saudosistas, Hamilton ainda pegou a bandeira do Brasil e imitou o gesto de seu grande ídolo Ayrton Senna. Na visão do jornalista, foi a maior atuação e emoção que um estrangeiro proporcionou ao público brasileiro, que vibrou e gritou o nome dele com muito carinho, talvez a falta de brasileiros na Fórmula 1 fez nós abraçarmos os pilotos como se fossem brazucas.

Segundo dados da Prefeitura, 181.711 mil pessoas estiveram presente nos três dias, batendo o recorde de público em toda a história de Interlagos, movimentando a economia da cidade e gerando cerca de 8.500 empregos temporários. A emoção foi tanta, que deixou os organizadores da Fórmula 1 animados para os próximos anos em São Paulo.

“Estou muito feliz por poder voltar a São Paulo, em Interlagos, um legado que faz parte da história da Fórmula 1 e do seu futuro”, afirmou o CEO e Presidente da Fórmula 1, Stefano Domenecali.

Em pesquisa realizada pelo Observatório de Turismo e Eventos de São Paulo (SPTuris), o público movimentou R$ 549, 2 milhões na cidade, para se ter uma ideia, no GP de 2019, foram movimentados R$ 361 milhões. A pesquisa revelou um gasto médio de R$ 4.545,57, contando hospedagem, transporte, alimentação, compras e lazer, e aproveitando que a corrida caiu no fim de semana de feriado da Consciência Negra, muitos turistas permaneceram na cidade também na segunda-feira, movimentando uma economia extra.

Nos dados de segurança, a Fórmula 1 contou com 40% de agentes de segurança pública a mais do que no último evento, em 2019. Foram deslocados para o Autódromo e entornos, 1.130 Guardas Civis Municipais e 115 viaturas, com policiamento militar e civil na região.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.