Governo de SP inaugura 2ª República Masculina para a população recém-saída das ruas

0
57

Unidade de acolhimento disponibiliza atendimento psicológico, cursos de qualificação profissional e encaminhamento para o mercado de trabalho


A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo inaugurou a 2ª República Masculina do Estado, localizada na Vila Mariana, destinada para pessoas recém-saídas das Comunidades Terapêuticas, devido ao uso abusivo de drogas e que estavam em situação de rua.

A nova casa tem capacidade para atender 12 pessoas e disponibiliza toda a estrutura para o bem estar e desenvolvimento pessoal dos residentes, com quartos mobiliados com beliches e armários, sala de convivência, cozinha, banheiros e lavanderia.

“Esta rede se serviços garante a proteção, autonomia e capacidade de autossustento das pessoas que estavam em situação de vulnerabilidade social, nas ruas e que perderam os vínculos familiares. Além disso, é um meio de reduzirmos os índices de recaídas dos dependentes químicos, ao dar o apoio necessário para que busquem a retomada de seus planos de vida”, explica Célia Parnes, Secretária de Desenvolvimento Social do Estado.

As Repúblicas de Proteção Social fazem parte do Programa Recomeço e têm como objetivo acolher, disponibilizar atendimento psicológico, promover qualificação profissional e educação financeira, a fim de tratar, capacitar, dar autonomia e reinserir no mercado de trabalho a população que estava em situação de rua. Cada república conta com uma equipe de profissionais formada por coordenador, assistente social, psicólogo e educador social. O Programa conta com 65 unidades operacionais que ofertam 1.395 vagas, distribuídas entre Comunidades Terapêuticas e Repúblicas, e recebe investimento anual de mais de 2 milhões, sendo 156 mil para as unidades masculinas e 24 mil na unidade feminina, localizada em Campinas.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.