25.3 C
São Paulo
quinta-feira, 7 julho, 2022
Mais

    Exposição “Rios descobertos: De Frente para o Pinheiros” mostra fotos raras do rio no século passado

    Mais lidas

    Projeto da Estúdio Laborg, com patrocínio da SABESP reúne fotos no local que foram tiradas, fazendo parte da Virada Sustentável 2021


    A Virada Sustentável 2021 já começou, com atrações online e ações, como instalações urbanas, grafites, projeções, performances artísticas, shows e fórum da virada sustentável acontecendo tudo junto e misturado em diversos pontos da cidade.

    Entre as atrações, a mostra “Rios Descobertos – De frente para o Pinheiros”, do Estúdio Laborg com patrocínio da SABESP, apresenta fotos antigas do Rio Pinheiros, tiradas às margens do Rio no século passado e sendo exibidas exatamente nos locais onde foram tiradas.

    Para quem frequenta o Rio Pinheiros de bicicleta, poderá ver as fotos e viajar no tempo com as fotos históricas. As imagens representam a evolução da cidade de São Paulo relatando a importância do rio na identidade paulistana, sendo possível comparar a situação do rio antigamente e hoje.

    Novo Rio Pinheiros

    O programa Novo Rio Pinheiros tem o objetivo de revitalizar este importante símbolo da cidade de São Paulo através da ação de diversos órgãos públicos em parceria com a sociedade. A meta até o fim de 2022 é reduzir o esgoto lançado em seus afluentes, melhorar a qualidade das águas e integrá-lo completamente à cidade.

    O programa é uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo com coordenação da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SIMA) e participação de Sabesp, Cetesb, EMAE e DAEE.

    A Sabesp é responsável pelo eixo de saneamento e investe ao todo R$ 1,7 bilhão no programa para conectar aproximadamente 533 mil imóveis à rede de coleta e tratamento de esgoto, beneficiando com mais saúde e qualidade de vida uma população de 3,3 milhões de pessoas na região da bacia do rio Pinheiros em São Paulo, em Embu das Artes e em Taboão da Serra.

    Além de levar mais saúde para as pessoas e contribuir para a recuperação do meio ambiente, as obras da Sabesp no programa devem gerar 4,1 mil empregos. Até o momento, mais de 368 mil imóveis (69% da meta) foram conectados ao sistema de tratamento de esgotos, chegando a 190 km de tubulações.


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas