Espetáculo de bonecos ‘Ideias de Cecília’ chega ao Centro Cultural Santo Amaro gratuitamente!

0
1205

Espetáculo será exibido no sábado (25) e celebra os 20 anos do grupo Cia. Patética


O projeto TRAJETÓRIAS: 20 ANOS DE CIA. PATÉTICA / 120 ANOS DE CECÍLIA MEIRELES aprovado na 15ª Edição do Prêmio Zé Renato para a cidade de São Paulo, leva para as Bibliotecas e Centros Culturais da cidade uma programação poética e divertida, com teatro de bonecos, música e muita poesia para todas as idades. Você poderá assistir, gratuitamente, o espetáculo no Centro Cultural Santo Amaro neste sábado (25), a partir das 15h!

“… Acordar a criatura humana dessa espécie de sonambulismo em que tantos se deixam arrastar. Mostrar-lhes a vida em profundidade. Sem pretensão filosófica ou de salvação – mas por uma contemplação poética afetuosa e participante.”Cecília Meireles.

Sinopse

As ideias são pretextos para reviver momentos, reencontrar lembranças, compartilhar os sentimentos e as memórias que são carregadas dentro. Tanto dos adultos, quanto das crianças. Malas, caixas, livros: cada elemento que se abre é uma história, um sorriso de encontro ou uma lágrima de partida. É um universo recheado de objetos usados, esquecidos ou simplesmente guardados. E o que é a vida senão uma aventura divertida entre o desconhecido e a recordação? Abram bem os olhos, os ouvidos e atenção: as badaladas do relógio e os apitos do trem anunciam a hora de acelerar o coração. Aí vem um universo repleto de emoção, imaginação e muitas outras maravilhas inspiradas pelas ideias de Cecília.

A partir da leitura de suas poesias, crônicas e biografia, o grupo utiliza a linguagem do teatro de bonecos e animação para dar vida ao espetáculo IDEIAS DE CECÍLIA. Assim como na arte de Cecília Meireles, o Teatro de Animação também permite o contato com o intangível, com a imaginação transformadora e com o canal da sensibilidade. Com muita delicadeza e graça, dois manipuladores em cena dão vida aos personagens e, principalmente, às “duas” Cecílias: a jovem e a velha, que se alternam nas cenas representando constantemente a dualidade da vida; o tempo passado e o tempo futuro; a infância e a velhice; as sabedorias e os aprendizados; a espontaneidade e a experiência; o antes e o depois; e até o sonho e a realidade, como se pudéssemos visualizar os dois lados de uma mesma existência na impossibilidade de decidir entre “isto” ou “aquilo”.

Ficha Técnica

• Gênero: Teatro Infantil
• Modalidade: Teatro de Animação
• Ideia Original e Dramaturgia: Fábio Parpinelli
• Direção, Criação e Atuação: Fábio Parpinelli e Luz López
• Duração: 50 minutos
• Recomendação: Livre
• Iluminação: Luz López
• Operação Luz e Som: Afonso Braga
• Bonecos, Cenários e Adereços: Cia. Patética
• Figurinos: Violeta Chagas
• Voz em Off: Marta Guerreiro
• Fotos: Afonso Braga
• Comunicação Visual: Kleber Góes
• Produção Executiva: Fábio Parpinelli
• Realização: Cia. Patética


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.