Escolas mobilizam comunidade de diversos bairros para pintar mais de 200 calçadas brincantes em SP

0
673

Ação inédita faz parte do programa Escolas do Bem, que fomenta o protagonismo das instituições de ensino em projetos de melhoria para os bairros


Imagine uma cidade onde as crianças podem brincar nas ruas, caminhar com segurança e aprender a valorizar e cuidar do seu bairro? Parece difícil nos dias de hoje? Mas um projeto desenvolvido pelo programa Escolas do Bem está rompendo algumas barreiras e pretende devolver a rua para as crianças.

Trata-se do Calçadas Brincantes, uma ação inédita que vai mudar a cara de vários bairros de São Paulo, com a pintura de brincadeiras em mais de 200 calçadas. E o que é melhor: em um único dia, 28 de outubro.

A iniciativa, coordenada pelo Instituto Noa, acontece simultaneamente em outros estados, como Minas Gerais e Bahia. Juntas, as escolas que fazem parte do programa pretendem pintar aproximadamente 500 calçadas brincantes neste dia.

“As escolas estão mobilizando não apenas seu público interno, como pais, alunos e professores, mas também toda a comunidade. Qualquer pessoa pode participar do projeto, seja juntando os amigos para pintar uma brincadeira na calçada, doando materiais de pintura ou até mesmo desenhando uma brincadeira diferente”, explica Lucy De Miguel, idealizadora do Programa Escolas do Bem.

O projeto Calçadas Brincantes conta com o apoio da prefeitura, por meio das suas reginais. Na Lapa, por exemplo, duas escolas pretendem mudar a cara dos bairros: Vila Leopoldina, Vila Romana e Pompéia.

“Já temos mais de 70 equipes inscritas, que farão as pinturas no entorno das escolas Greenkids School, Espaço Pensar e Espaço Lúdico, todas integrantes do programa Escolas do Bem. Todos os materiais para as pinturas, como tintas e pincéis, foram doados por empresários locais, que abraçaram o projeto como patrocinadores”, conta Lucy.

Na Zona Sul, a ONG Alquimia coordena a ação e promete transformar as ruas do Jardim Aeroporto, Parque Jabaquara e Vila Santa Catarina, além do Centro Cultural de Santo Amaro. Serão pintadas aproximadamente 100 brincadeiras nas calçadas da região.

No bairro de Mirandópolis, o Colégio Carandá fez diversas parcerias com empresas e comércio local, contribuído para a pintura de cerca de 20 calçadas na região próxima das Avenidas Luís Góes e José Maria Whitaker.

Na Penha, Zona Leste da cidade, a Escola AE Carvalho mobilizou voluntários que irão pintar mais de 40 calçadas em ruas, praças e parques públicos.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.