Entregadores por aplicativo se reúnem para protesto no Brooklin

0
42
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Devido à Operação Sufoco, motoboys protestam para a diminuição de paradas policiais de trabalhadores


Enquanto representantes do Sindimoto-SP participavam de uma reunião com os responsáveis por mobilidade, trânsito e transporte da Prefeitura de São Paulo, motoboys realizaram na última segunda-feira (13), um protesto exigindo uma padronização das mochilas utilizadas para evitar confusão com falsos entregadores que se disfarçam para praticar assaltos.

O local escolhido para a junção de motoqueiros foi a Avenida Vereador José Diniz, 3.135, local onde fica a sede do Sindimoto-SP. Logo após seguiriam em motociata até a rua Boa Vista, no centro da cidade, onde acontecia uma reunião entre os representantes com o secretário de Mobilidade e Trânsito, Ricardo Teixeira, e o secretário executivo de Transporte e Mobilidade Urbana, Gilmar Miranda.

Na reunião, o Sindimoto-SP propôs a troca das mochilas por baús que deverão contariam com um número provisório de cadastramento na prefeitura e placa da moto, além de sugerir a inscrição e conclusão de curso para motofretistas como condição para se ter uma licença definitiva.

A Operação Sufoco, que aborda entregadores de moto, foi implantada depois do assassinato de Renan Silva Loureiro, 20, morto por um falso entregador na zona sul da cidade.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.