Duplicação da Ponte Jububatuba deverá atender 223 mil passageiros por dia

0
1327

Serão investidos mais de R$ 100 milhões que refletirão em melhorias para o transporte público e individual


O Vereador Marcelo Messias (MDB) solicitou junto ao Poder Executivo a duplicação da Ponte Jurubatuba – Irmã Agostina, também conhecida como Ponte Interlagos, na zona sul de São Paulo, de modo a permitir a implantação de mais duas faixas de rolamento de tráfego de veículos.

A duplicação vem sendo reivindicada pelos moradores há anos, discutida em audiências públicas, sendo objeto de vários ofícios pelo então Vereador Ricardo Nunes, além de contar com manifestações favoráveis da SPTrans (São Paulo Transportes) e da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), tornando-se uma prioridade para o Vereador Marcelo Messias, seu sucessor.

A mobilidade urbana faz parte de seu mandato humanizado, como define Marcelo Messias, que é cuidar das pessoas.

“Com a duplicação da ponte Interlagos estaremos proporcionando melhor qualidade de vida às pessoas, que perderão menos tempo no trânsito e ganharão mais tempo para a vida pessoal”, ressalta o Vereador.

O processo de licitação teve andamento e o contrato foi publicado no Diário Oficial da Cidade de São Paulo em julho de 2022, sendo a empresa especializada para realizar os levantamentos de campo, serviços geotécnicos, estudos ambientais e projetos básico e executivo da duplicação da ponte o “Consórcio Nova Jurubatuba”, com prazo de execução de 15 meses.

Serão investidos R$ 104,5 milhões no empreendimento, dos quais R$ 3 milhões serão destinados ao projeto e estudos ambientais e o restante para a execução das obras e desapropriações.

Recentemente, a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras da Prefeitura da Cidade de São Paulo (SPObras) anunciou progresso nas etapas das obras rumo à duplicação.

A ponte existente administrará o tráfego do centro para o bairro e a futura estrutura cuidará do tráfego do bairro para o centro. As duas pontes terão três faixas, sendo uma exclusiva para ônibus. O módulo existente dará lugar a pedestres e ciclistas.

A duplicação da ponte deverá atender cerca de 223 mil passageiros por dia, refletindo em melhoria do transporte público e individual da região, facilitando o deslocamento da população dos distritos de Cidade Dutra, Grajaú e Parelheiros.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.