Dia Mundial do Diabetes: conheça seus efeitos no organismo

0
142

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, existem mais de 13 milhões de pessoas que vivem com a doença no Brasil


Hábito de vida sedentário, alimentação inadequada, hipertensão, apneia do sono e outros sintomas são considerados fatores de risco para o diabetes. A doença é causada pela produção insuficiente ou pela resistência de ação da insulina, hormônio que regula a quantidade de açúcar no sangue.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, existem no Brasil mais de 13 milhões de pessoas que vivem com a doença. E a melhor forma de prevenir é praticar atividades físicas regularmente, mantendo uma alimentação saudável, além de evitar o consumo de álcool e tabaco, por exemplo.

E para alertar os sinais do diabetes, a endocrinologista Rosália Padovani, explica sobre alguns sintomas que podem surgir com o passar do tempo, por complicações da doença:

Pé diabético: o problema pode começar com uma ferida que, se não tratada pode infeccionar e levar, inclusive, a amputações de membros inferiores.

Retinopatia diabética: é uma doença que afeta os pequenos vasos da retina, região ocular responsável pela formação das imagens enviadas para o cérebro. O aparecimento desta complicação está associado ao tempo de duração da doença e ao grau de descontrole da glicemia sendo considerada uma importante causa de cegueira nos pacientes de faixa etária entre 20 e 74 anos de idade.

Nefropatia diabética: é uma das causas de insuficiência renal crônica. Caracteriza-se por lesões nos pequenos vasos sanguíneos devido ao aumento crônico das taxas de glicose na corrente sanguínea. Essa complicação pode ser diagnosticada por um exame de urina específico que mostra taxas elevadas de proteína na urina do doente.

Neuropatia diabética: é um dos distúrbios que atinge cerca de 50% dos pacientes diabéticos e está relacionada aos elevados níveis glicêmicos que ocasionam danos aos nervos periféricos, atingindo principalmente os pés. Os sintomas são variados podendo ser desde perda da sensibilidade, formigamentos, fraqueza, dormência até dor intensa.

Problemas cardiovasculares: o diabetes pode afetar os pequenos e grandes vasos arteriais provocando a deterioração da parede das artérias, o que predispõe às oclusões vasculares. O diabetes descontrolado aumenta em 2 a 4 vezes o risco de doenças coronárias, ataques cardíacos e derrames.

Ibirapuera sedia evento de prevenção contra doenças cardiovasculares

No próximo domingo (17), o Parque do Ibirapuera recebe a 10ª edição do evento Bate Coração, realizado pelo Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim (CEJAM) para “trabalhar a conscientização da comunidade sobre a existência e a prevenção dos fatores de risco relacionados a doenças cardiovasculares e à morte súbita cardíaca”.

Além de conscientização sobre formas de prevenção contra doenças do coração, o evento pretende ensinar técnicas sobre o atendimento a paradas cardiorrespiratórias com treinamento básico de reanimação cardiopulmonar. Quem participar também terá acesso a aferição da pressão arterial, avaliação de Índice de Massa Corporal (IMC), teste de glicemia capilar e de bioimpedância, além de atividades físicas como alongamento e yoga.

SERVIÇO: 10ª Ação Bate Coração CEJAM
Data: 17 NOV | das 08h às 16h30
Local: Parque do Ibirapuera – Arena da Ponte de Ferro


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.