Como cães e gatos ajudam a ter uma vida mais longa e saudável

0
246

Estudos revelam que quem tem um animal de estimação tem menos problemas de saúde


O envolvimento com animais de estimação, principalmente cães e gatos, gera diversos benefícios além da companhia. Eles contribuem tanto para a saúde física como emocional dos seus tutores.

Bruce Headey, psicólogo social australiano, realizou uma pesquisa com donos de cães da Austrália e descobriu que eles vão menos ao médico e dormem melhor do que quem não tem cachorro. Eles também são menos propensos a tomar medicamentos para o coração.

O cardiologista Marco Antonio Alves, coordenador do serviço de cardiologia do Hospital Esperança, do Recife, concorda e explica que os passeios diários com os cachorros são de grande importância nesse aspecto. “Eles ajudam a manter ou até perder o peso corporal, diminuindo a incidência de obesidade, os níveis de pressão arterial, glicose, colesterol, triglicerídeos, reduzindo a probabilidade de doenças cardiovasculares, como infarto e AVC”, ressalta.

Um estudo conduzido no Reino Unido por James Serpell, professor de ética animal na Universidade da Pensilvânia, nos EUA, reforça isso.

Ele acompanhou donos de animais de estimação durante os 10 primeiros meses após a adoção. Logo no primeiro mês já foi percebido entre proprietários de cães e gatos uma diminuição expressiva de dores de cabeça, dificuldade para dormir, indigestão e problemas de sinusite.

E essas mudanças continuaram durante todo o estudo, com melhora também na saúde geral. Para os donos de cães houve ainda um aumento considerável na atividade física.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.