Com verba de R$350 mil, Prefeitura busca artistas para debater, por meio da cultura, o futuro da cidade

0
99
Foto Prefeitura de SP

A Prefeitura de São Paulo quer sugestões de artistas para debater como eles imaginam a capital daqui a 50 anos por meio da arte. Com um orçamento de R$350 mil, a Secretaria Municipal da Cultura abriu o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para receber propostas artísticas até 16 de maio.

Os interessados devem ser Organizações da Sociedade Civil e propor uma exposição de instalações imersivas, quatro oficinas e performances artístico-culturais com o tema “A importância da preservação da biodiversidade e a conscientização sobre os impactos da ação humana no meio ambiente imaginando como será o futuro daqui a 50 anos”.

Requisitos:

  • Exposição: deverão ser realizadas instalações artísticas com paisagismo vivo e imersivo, utilizando plantas de diversas espécies e portes como verdadeiras obras que complementam e interagem com as criações artísticas em estruturas e materiais diversos que compõem tais instalações, criando ambientes lúdicos e originais, diferenciando-se por desenvolver espaços de imersão onde o visitante vivencia uma verdadeira experiência sinestésica, tendo como foco a importância da preservação da biodiversidade e a conscientização sobre os impactos da ação humana no meio ambiente imaginando como será o futuro daqui a 50 anos;
  • Oficinas: o projeto deverá oferecer oficinas educativas gratuitas para crianças em 4 frentes, sendo elas:

“Desenhando o futuro”: os estudantes deverão ter a oportunidade de expressar suas ideias e criatividade através de desenhos, retratando a maneira como elas imaginam o futuro do planeta, em relação a sua integração de maneira harmoniosa com a natureza;

“Contação de história”: deverão haver ações de literatura, como a Contação de Histórias com o objetivo de levar as crianças a usarem o imaginário e refletirem sobre o futuro das florestas e das cidades, como elas podem contribuir, no presente, para criar um futuro melhor por meio de ações práticas sustentáveis;

“Energia limpa”: os estudantes deverão aprender de forma lúdica sobre a energia renovável e qual a sua importância, uma vez que é gerada por meio de recursos naturais como o sol, vento e a chuva, destacando como todo produto de recurso natural é renovável e contribui para a sustentabilidade e preservação do meio ambiente.

“Oficina de brinquedos sustentáveis”: esta oficina deverá dar às crianças a possibilidade de confeccionarem brinquedos alternativos, como forma de desenvolver a imaginação e criação e conscientizá-las sobre o consumo consciente e reutilização de materiais descartáveis, além de valorizar o brinquedo popular artesanal e sua confecção, mantendo viva as tradições e a cultura das antigas gerações, traduzidas no brinquedo.

  • Performances: deverão ser realizadas apresentações artísticas com performances de música, circenses, teatro, contação de histórias, entre outras, a fim de atrair e entreter o público no local da exposição oferecendo um momento lúdico e descontraído;

Apresentação da proposta deve ser enviado através do formulário disponível aqui.

Documentação necessária:

Plano de Trabalho (modelo SEI101770618);
Comprovante de inexistência de registros no CADIN;
Certidão de Tributos Mobiliários (CTM);
Certidão Negativa de Débito – CND/INSS;
Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas;
Certidão de regularidade do FGTS-CRF;
Cadastro de Contribuinte Mobiliário – CCM ou declaração que nada deve;
Comprovante de inscrição no CENTS;
Comprovante de CNPJ (com pelo menos um ano de existência da OSC).


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.