14.4 C
São Paulo
quinta-feira, 30 junho, 2022
Mais

    Cidade de São Paulo tem primeiro dia de óbito zero por Covid-19

    Mais lidas

    A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) registrou, em 2 de abril, o primeiro dia sem óbitos por Covid-19 na capital paulista desde o início da pandemia, em março de 2020.

    No dia 4 de abril, até o momento, também não houve registro de óbitos, podendo ser o segundo dia sem morte por coronavírus na capital. O registro considera o tempo usual de atraso nas notificações de mortes por Covid-19, que é de 15 dias. A SMS lembra que os dados são dinâmicos e podem ser alterados retroativamente.

    Prezando pela transparência, os números de casos e de hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) por Covid-19 estão disponíveis no Painel Covid-19.

    Para o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco, esse marco só foi possível graças à adesão da população aos imunizantes. “São Paulo é a capital mundial da vacina e isso nos ajudou a chegar até aqui. A população paulistana aderiu e ultrapassou 100% de cobertura vacinal completa. O resultado pode ser visto nos índices de casos e, agora, de óbito zero”, finalizou.

    De acordo com a secretária executiva de Atenção Básica, Especialidades e Vigilância Sanitária, Sandra Sabino, a queda no número de casos e mortes ocorre depois de muito trabalho para a vacinação da população. “A cidade aplicou mais de 30 milhões de doses, sem descuidar daqueles que precisaram de um suporte hospitalar”, afirma.

    Até o momento, foram aplicadas 30.400.922 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 11.737.138 primeiras doses (D1), 10.903.707 segundas doses (D2), 353.542 doses únicas (DUs), 6.804.092 primeiras doses adicionais (DA1) e 602.443 segundas doses adicionais (DA2). A cobertura vacinal da população com mais de 18 anos está em 110,2% para D1, em 106,5% para D2, em 73,7% para DA1 e em 6,5% para DA2.

    Em adolescentes, de 12 a 17 anos, foram aplicadas 975.219 D1, representando uma cobertura vacinal de 115,5%. Também foram aplicadas 862.399 D2 alcançando 102,2% do público elegível. Já em crianças, de 5 a 11 anos, foram aplicadas 940.246 D1, representando uma cobertura vacinal de 86,8%, e 568.359 D2, alcançando 52,5% deste público elegível.


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas