Cia. Paideia de Teatro encerra temporada de “A Menina de Uruçuca” no sábado, 3 de dezembro, às 17 horas, e retorna, em 2023, para novas apresentações

0
1140

 Com preços populares, “A Menina de Uruçuca” tem texto do premiado Amauri Falseti, que divide a direção com Ana Luiza Junqueira


No sábado, 3 de dezembro, às 17 horas, a Cia. Paideia de Teatro encerra a temporada de apresentações  de “A Menina de Uruçuca”, montagem com texto de Amauri Falseti, que divide a direção com Ana Luiza Junqueira. Espetáculo voltado para toda família, “A Menina de Uruçuca” (que em Tupi significa Águas Escuras) conta a história de uma menina solitária (interpretada por Suzana Azevedo) que viaja pelo tempo por meio da sua imaginação e das imagens inspiradoras de um livro com pinturas de Pieter Bruegel (artista europeu do Século XIV).  Mas a menina não está sozinha nesta jornada. No elenco também estão: Aglaia Pusch, Kelvin Tertuliano, Luísa Crobelatti e Rogério Modesto.

Com preços populares (R$ 20,00/ inteira; R$ 10,00/ meia entrada), a apresentação acontece no Teatro da Cia. Paidéia (Rua Darwin, 153 – Jardim Santo Amaro- telefone: 5522-1283) e estará de volta, em nova temporada, a partir de fevereiro de 2023.

“O mundo real e contemporâneo é transformado pela imaginação da menina em um universo medieval repleto de seres estranhos que, em outro tempo e espaço, retratam o medo, a angústia, a busca por uma vida melhor, pelo prazer, pelo sentido da existência que, mesmo com o passar dos séculos, se mantém vivos no coração humano”, explica Amauri Falseti.

Sinopse: “A Menina de Uruçuca”

A peça conta sobre uma menina que, não conseguindo dormir, recebe o ultimato da mãe para que fique quieta e não saia mais de seu quarto. Começa então uma relação fantástica com seu boneco, que personifica os conflitos da menina com o universo adulto. Entra também neste jogo de imaginação o livro de contos de fadas, que se comporta como um senhor insistente, que não desiste de querer contar alguma de suas dezenas de histórias.

Acontece que a menina guarda uma surpresa: ela pegou na escola um livro muito diferente de tudo o que já viu, e que não é exatamente recomendado para crianças. Trata-se do livro com as obras de Pieter Bruegel. A princípio meio calado, o livro de pinturas leva a menina, assim como o público, por uma viagem pelas grandes obras do artista. Personagens saltam das telas para a realidade imaginária do quarto, apresentando um mundo frágil em que a loucura, os medos e fraquezas humanas são retratados com beleza e fantasia.

  • Indicação etária: 5+
  • Duração: 55 minutos
  • Ingressos: R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (meia). 
  • Endereço: Cia. Paideia de Teatro
  • Rua Darwin, 153 – Jardim Santo Amaro
  • São Paulo – SP 
  • Metrô Adolfo Pinheiro, linha lilás
  • Ar-condicionado, acesso para mobilidade reduzida.
  • Reservas antecipadas pelo 11 5522 1283 ou pelo site paideiabrasil.com.br

Ficha técnica:

  • Dramaturgia: Amauri Falseti
  • Direção: Amauri Falseti e Ana Luiza Junqueira
  • Direção Musical: Margot Lohn
  • Elenco: Aglaia Pusch, Kelvin Tertuliano, Luísa Crobelatti, Rogério Modesto e Suzana Azevedo
  • Figurinos: Aglaia Pusch
  • Adereços: Kelvin Tertuliano e Cíntia Donatelli
  • Costureira: Célia Rosali Pereira
  • Artes visuais e Projeções: Hans Marin
  • Assistentes de projeção: Bárbara Ribeiro e Laura Garavatti
  • Técnico de projeção: João Vitor Figueiredo
  • Desenho de Iluminação: Hans Marin e Rogério Modesto
  • Operador de Luz: Rodrigo Abreu
  • Fotos: Dani Sandrini

Conheça a Cia Paideia- www.paideiabrasil.com.br

A ONG Paidéia Associação Cultural, fundada por Amauri Falseti e Aglaia Pusch há 24 anos, é considerada importante polo cultural da região de Santo Amaro, Zona Sul de São Paulo. Há 16 anos, realiza anualmente O Festival Internacional Paideia de Teatro para a Infância e Juventude, reconhecido como oportunidade única para assistir a peças infantojuvenis de qualidade de vários países e estados brasileiros.www.paideiabrasil.com.br 

Em 2023, a Cia. Paideia completará 25 anos. Fundada em 1998 por Amauri Falseti e Aglaia Pusch, a Paideia Associação Cultural é uma instituição regida pela Cia. Paideia de Teatro que se dedica aos jovens e às crianças. Hoje, sua sede é um importante polo cultural da região de Santo Amaro. Jovens e crianças fazem oficinas semanalmente no local, além de professores e artistas. A Paideia mantém uma vasta programação cultural, e anualmente realiza o Festival Internacional Paideia de Teatro para a Infância e Juventude, hoje em sua 16a edição.

Desde 2009, a sede da Cia. Paideia é reconhecida como Ponto de Cultura, e, em 2010, o grupo recebeu o Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem na Categoria Especial por sua programação intensa e diversificada. Em 2017, a Cia. Paideia recebeu o Prêmio Governador do Estado de São Paulo para a Cultura, na categoria Arte para Crianças, em votação popular, com 71% dos votos.

Em 2018, a 31a edição do Prêmio Shell de Teatro premiou a Cia. Paideia de Teatro o Prêmio de Inovação, pela relevância de seu trabalho na formação de plateia com intercâmbios nacionais e internacionais. Em dezembro do mesmo ano, a Cia. Paideia de Teatro conquistou o Grande Prêmio da Crítica da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) na categoria Teatro Infantojuvenil, pelos espetáculos “Vamos para Escola!” e “Pedro e Quim”. Estas peças também foram indicadas ao Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem na categoria Prêmio Especial (“Vamos para Escola!”) e nas categorias Espetáculo Infantil, Texto Original e Ator (“Pedro e Quim”).

A Paideia mantém parcerias com grupos da Alemanha, Argentina, Bélgica, Chile, Dinamarca, Japão, Suíça, Turquia entre outros, e com redes de teatro para a infância e juventude ao redor do mundo, como a ASSITEJ (Associação Internacional de Teatro para Crianças e Jovens), a Rede Ibero-americana, o CBTIJ (Centro Brasileiro de Teatro para Infância e Juventude), a Rede FIBRA (Rede de Festivais Internacionais Brasileiros para Crianças e Jovens) e outros. Ao longo da história da Paideia, o grupo contou com o apoio de instituições, consulados, fundações, artistas, empresas, amigos e dos jovens que frequentam seus cursos.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.