Casa Amarela, em Santo Amaro, passa por obras após um ano fechada

0
264

Ao longo dos anos, a Casa Amarela, que já foi sede da Prefeitura de Santo Amaro e está localizada na Praça Floriano Peixoto, passou a oferecer riscos à população


Desde 2017, a Casa Amarela, no Paço Cultural Júlio Guerra, está fechada. Administrada pela Secretaria Municipal de Cultura, a Casa já foi sede da Prefeitura de Santo Amaro, quando o bairro foi um município, e oferecia atividades culturais à população santamarense. Porém, passou a ser um risco aos seus frequentadores.

“Nós fechamos a Casa porque ela estava caindo na cabeça das pessoas e eu fui uma das vítimas. Na primeira semana de janeiro, quando eu cheguei no meio fio da porta, despencou estuque da copa”, explicou Guilherme Bonfim, coordenador da Casa de Cultura de Santo Amaro, espaço cultural responsável pela Casa Amarela.

Moradores de Santo Amaro também se mostraram preocupados com o fechamento. O diretor de Relações Institucionais do Centro das Tradições de Santo Amaro, Gilberto Marques Bruno, e sua irmã, Dra. Mary Marques Bruno, que nasceram no bairro, também protocolaram um pedido de reforma para a Casa Amarela, na Prefeitura.

“Com o passar do tempo, eu sei que o procedimento caminhou, mas, por algum motivo na burocracia da Prefeitura, o dinheiro meio que se perdeu”, explicou Gilberto Marques Bruno.

De acordo com Guilherme Bonfim, o dinheiro para a reforma veio através de emenda parlamentar, já que a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) não tinha como custear a obra.

A SMC, no entanto, afirmou o contrário. “As obras de restauro geral da Casa Amarela, no Paço Cultural Júlio Guerra foram iniciadas em julho de 2019, ao custo de R$ 883.075,44 mil provenientes de recursos da própria Prefeitura de São Paulo, ou seja, não foram utilizadas emendas parlamentares.A previsão de reabertura do equipamento é para o primeiro semestre de 2020”, informou a Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de SP.

A previsão é que as obras na Casa Amarela terminem em oito meses. Haverá troca do telhado e de toda a parte de madeira, reposição de vidros, restauro de esquadrias, piso e paredes. Além da implantação de uma plataforma elevatória, para facilitar o acesso de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.