Capital terá fim de semana com imunização contra Covid-19, gripe e multivacinação infantil

0
51

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) abrirá todas as unidades de saúde neste fim de semana para imunizar a população contra Covid-19 e gripe, além de promover a multivacinação infantil. No sábado (11), estarão abertas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 17h, e as Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/UBSs Integradas, das 7h às 19h, exclusivamente para a vacinação. Também será intensificada a imunização dos acamados.

Todas as unidades realizam a aplicação da primeira dose (D1), segunda dose (D2), primeira dose adicional (DA1) e segunda dose adicional (DA2) contra a Covid-19. Também estarão disponíveis vacinas contra o vírus influenza, causador da gripe, para o público elegível, além de imunizantes da campanha de multivacinação para as crianças a partir de seis meses de idade.

No domingo (12), os parques Buenos Aires, Severo Gomes, do Carmo e da Juventude aplicarão vacinas das 8h às 17h. A vacinação também ocorre das 8h às 16h na avenida Paulista, em uma tenda localizada no número 52, e em uma farmácia parceira, no número 995. A farmácia aplicará somente a vacina contra a Covid-19. A partir deste domingo (12), a vacinação no parque da Independência está suspensa.

“É fundamental que as pessoas se conscientizem da importância de manter as suas carteiras de vacinação atualizadas. Isso vale tanto para a Covid-19 como para a gripe e as demais vacinas obrigatórias”, diz o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco.

Para receber as vacinas contra Covid-19, é necessário um intervalo de quatro meses entre as doses. Atualmente, pessoas com mais de 50 anos de idade e profissionais da área da saúde com mais de 18 anos podem receber a DA2. No caso de cidadãos, acima de 50 anos, com alto grau de imunossupressão, está liberada a terceira dose adicional (DA3) para aqueles que receberam a DA2 há pelo menos quatro meses.

Na multivacinação voltada ao público infantil, são disponibilizados imunizantes como: tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), tetraviral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela), BCG, pentavalente, vacina inativada poliomielite (VIP), vacina oral poliomielite (VOP), pneumo 10, rotavírus, meningo C, meningo ACWY, varicela, hepatites A e B, febre amarela, DTP (difteria, tétano e coqueluche), dupla adulto, HPV e pneumo 23.

É válido destacar que, para crianças entre 5 e 11 anos de idade, as vacinas de sarampo e Covid-19 não devem ser aplicadas simultaneamente. Deve ser priorizada a imunização contra a Covid-19. Depois de 15 dias pode ser aplicada a vacina contra o sarampo. Para a população em geral, acima de 12 anos e trabalhadores de saúde, pode ser feita a imunização simultânea entre as vacinas de sarampo, gripe e Covid-19.

Para mais informações e a lista completa dos postos podem ser encontradas na página do Vacina Sampa.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.