Capital mantém vacinação aos adolescentes de 12 a 17 anos com Pfizer

0
4

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), informa que até esta quarta-feira (15) foram aplicadas 712.499 primeiras doses em adolescentes de 12 a 17 anos de idade, representando 84,4% de cobertura vacinal deste público, estimado em 844.073 pessoas. Restam, portanto, cerca de 15% para atingir a totalidade da cobertura vacinal desse grupo. Assim sendo, não interromperá a imunização com doses de Pfizer para adolescentes sem comorbidade na capital.
A pasta esclarece que tomou ciência de nota emitida pelo Ministério da Saúde (MS) a respeito da restrição da imunização desse grupo populacional e, em virtude do estágio avançado no Programa Municipal de Imunizações (PMI), seguirá com as diretrizes publicadas no instrutivo número 35, disponível no link.

A secretaria reforça que a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a vacinação dos adolescentes acima de 12 anos com o imunizante da Pfizer, com indicação e aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A SMS entende que a restrição imposta pelo governo federal é apenas por questão logística, pois, trata-se de um imunizante eficaz e seguro previamente autorizado.

As doses destinadas à imunização desse grupo estão reservadas pelo município e seu uso não compromete a vacinação dos demais públicos elegíveis. Em relação à aplicação da segunda dose (D2) nos adolescentes, a pasta adianta que vai seguir normalmente.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.