ARTIGO | Janeiro Branco: a necessidade de políticas públicas em defesa da Saúde Mental

0
227

O Janeiro Branco é um movimento que tem o objetivo de alertar a sociedade e o poder público para os cuidados com a Saúde Mental. O objetivo central da campanha é encorajar a discussão sobre a saúde mental na sociedade, desmistificar questões relacionadas a transtornos mentais e incentivar a busca por ajuda e tratamento adequado.

não foi escolhido ao acaso, esse mês simboliza um novo começo, um momento propício ara reflexão e a criação de novos objetivos, incluindo o cuidado com a saúde mental. A cor branca representa a ideia de uma página em branco, onde novas histórias podem ser escritas.

A ideia da campanha está ancorada na virada entre um ano e outro, período marcado pela reflexão sobre a vida, organização de planos e metas para o futuro. A ação pretende conscientizar as autoridades governamentais e legislativas a respeito da importância de estratégias e de políticas públicas voltadas para a promoção da Saúde Mental e Emocional na sociedade, na vida dos indivíduos e nas instituições.

A promoção da saúde mental envolve três aspectos: cuidados individuais, atitudes institucionais, que diz respeito a ações em ambientes corporativos e políticas públicas, que envolve ações governamentais de promoção da dignidade humana, qualidade de vida e do bem comum.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que já são mais de 350 milhões de pessoas, de todas as idades, que sofrem com a doença. O Brasil assumiu a liderança do ranking da ansiedade, com 18,6 milhões de pessoas ansiosas e 11,7 milhões deprimidas. Isso demonstra o que muitos especialistas afirmam: o Brasil está vivenciando a pandemia dos transtornos mentais.

Não existe uma forma única de adoecimento mental, por isso, para manter a saúde mental em dia, algumas dicas são valiosas, como praticar atividade física, manter uma alimentação saudável, se hidratar, ter um sono de qualidade, cuidar bem dos relacionamentos, se valorizar, estar em companhia de pessoas otimistas e que te faça sentir bem.

É muito importante que as pessoas que apresentam e percebam os sintomas busquem uma orientação de um profissional.

Lucas do Liceu é gestor educacional, CEO do Grupo Liceu Brasil


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.