Após pandemia, hospitais da Zona Sul irão reforçar atendimento geral à população

0
40

Visitas foram um reconhecimento pelos trabalhos das unidades durante a pandemia


O prefeito em exercício, Milton Leite, e o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, visitaram na manhã desta quinta-feira (2) as instalações dos hospitais municipais Dr. Moysés Deutsch (M’ Boi Mirim) e Guarapiranga, ambos localizados na Zona Sul da cidade. As visitas foram um reconhecimento pelos trabalhos das unidades durante a pandemia da Covid-19, que deixarão um legado para a cidade de São Paulo.

“Hoje fizemos esta visita para mostrar a importância dos investimentos feitos durante a pandemia. Aqui no M’ Boi Mirim, foi construído um anexo em 33 dias com capacidade para mais de 100 leitos e tivemos a reativação do Hospital Guarapiranga, com mais 260 leitos. Hoje temos nesta região um legado permanente”, disse Milton Leite.

“Durante toda a pandemia fizemos um trabalho em equipe para dar mais eficiência para a administração pública. Foram mais de 8 mil pessoas atendidas nesses dois hospitais”, completou Edson Aparecido.

Hospital Guarapiranga

Reativado em junho de 2020, o Hospital Municipal Guarapiranga foi a primeira unidade especializada em doenças respiratórias inaugurada durante a pandemia, funcionando como um equipamento de retaguarda para a região Sul da capital, com atendimento exclusivo de pacientes com síndrome respiratória confirmados com covid-19.

“O prédio estava fechado desde 2017. Com a epidemia ele está exclusivo para o atendimento dos pacientes confirmados, mas passando este período, a expectativa é que ele volte a sua ideia original de funcionar como um hospital de retaguarda”, disse o prefeito Bruno Covas durante a entrega do equipamento.

A unidade segue como referência para o atendimento de casos de Covid-19. Atualmente, a taxa de ocupação dos leitos destinados à Covid-19 no Hospital Guarapiranga é de 25,1%. Além disso, o hospital também tem leitos destinados para internações e atendimentos aos casos da nova variante ômicron.

M’Boi Mirim

O Hospital Municipal do M’Boi Mirim passou por uma fase de transição em seu pronto-socorro em novembro. Após ser destinado 100% para o atendimento de Covid-19, o local voltou a atender casos de urgência e emergência, além do apoio às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs) da região. Atualmente, o hospital está em atendimento regular para pacientes não-Covid. O hospital conta 364 leitos e no início da pandemia teve o pronto-socorro direcionado para atendimento exclusivo de pacientes com Covid-19.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.