10.9 C
São Paulo
sábado, 21 maio, 2022
Mais

    Após críticas e confusão, Prefeitura faz novas mudanças no trânsito de veículos em Congonhas

    Mais lidas

    As mudanças do projeto piloto foram implementadas na última sexta-feira (15) e geraram muitas dúvidas e confusão aos motoristas e passageiros que chegavam e saíam do Aeroporto

     

    Na última segunda-feira (18), a Prefeitura de São Paulo fez novas mudanças no projeto piloto implantado no trânsito de veículos que circulam no Aeroporto de Congonhas, que tinha o objetivo de “melhorar as áreas de embarque e desembarque de táxis, carros de passeio e aplicativos”.
    As mudanças foram implementadas na última sexta-feira (15) e geraram muitas dúvidas e confusão aos motoristas e passageiros que chegavam e saíam do Aeroporto. “Nós ainda estamos tendo alguns problemas com relação aos aplicativos e a questão de alguns pontos de estrangulamento com relação a parte superior do Aeroporto”, disse o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Edson Caram.
    Após uma reunião entre a Prefeitura, Infraero e representantes de aplicativos e taxistas ficou definido que “o piso inferior do aeroporto será usado exclusivamente para aplicativos e automóveis particulares pegarem passageiros que chegam a São Paulo. As vagas de táxi que ficavam neste local serão transferidas para o piso superior. A exceção será uma vaga para táxi acessível, que permanecerá no piso inferior para garantir o embarque de passageiros com deficiência em qualquer um dos pontos”.
    Além disso, para que as mudanças não reflitam em trânsito no Corredor Norte-Sul, agentes da CET estarão no piso inferior para impedir a formação de filas longas de motoristas de aplicativos, o que pode interferir na saída de carros no túnel do Aeroporto.
    O número de agentes da CET, do Departamento de Transporte Público e da SPTrans foi ampliado pela Secretaria Municipal de Transportes (SMT). Nesta semana, os motoristas estão sendo orientados das mudanças, e recebem multas se cometerem infrações básicas, como formar fila dupla.
    O número de taxistas vai passar de 1.000 para 1.250, uma forma de reduzir a espera de quem usa o serviço de táxi.
    A SMT reforça que “o piso superior continuará reservado para táxis credenciados de todas as categorias (Comum, Luxo, Comum Rádio, Vermelho e Branco e Acessível) atenderem passageiros do Aeroporto de Congonhas. Quem estiver chegando de táxi ao aeroporto também terá de acessar o piso superior para desembarque em frente à área de check-in das companhias aéreas. Neste mesmo local, carros particulares e de aplicativos também deixarão os passageiros para o embarque nos aviões”.
    - Patrocinado -

    Leia mais

    1 COMENTÁRIO

    1. Sou motorista de aplicativo faz uns 3 meses e tento ao máximo evitar de pegar e deixar passageiros no aeroporto…os funcionários da c.e.t. é do aeroporto foram extremamente a arrogantes e grosseiros na primeira viagem que fiz. Ameaças de multa e tudo mais…um lixo

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas