Apenas 3 bairros da Zona Sul estão no ranking das famílias com maior renda mensal de SP

0
71

A renda média familiar mensal em São Paulo é de quase R$ 5 mil, no entanto, em bairros como o Itaim Bibi e Santo Amaro, a renda média familiar mensal chega a quase R$ 10 mil. A renda per capita (por pessoa), em São Paulo é de R$1.945,73, segundo o IBGE


De acordo com o Mapa da Desigualdade 2020, criado pela Rede Nossa São Paulo, uma família que mora na cidade São Paulo tem uma renda média familiar mensal de R$ 4.718,33. Porém, existe uma taxa de desigualdade de 3,6%.

Portanto, em 10 distritos, a renda média familiar mensal varia entre R$ 8.035,16 e R$ 9.591,93. Mas em outros 10 distritos, a renda média familiar mensal varia entre R$ 2.628,63 e R$ 2.921,17.

O bairro com a renda média familiar mensal mais baixa (R$ 2.628,63) é Lajeado, no extremo da Zona Leste. Já a renda média familiar mensal mais alta está entre famílias que moram no Alto de Pinheiros.

No ranking dos 10 distritos com as rendas mais altas, três estão na Zona Sul:

  • Moema: R$ 9.248,43
  • Santo Amaro: R$ 9.159,73
  • Itaim Bibi: R$ 8.060,27

E no ranking dos 10 distritos com as rendas mais baixas, três também estão na Zona Sul:

  • Marsilac: R$ 2.881,56
  • Jardim Ângela: R$ 2.813,27
  • Parelheiros: R$ 2.644,09

“A renda média familiar mensal é uma medida importante para compreender o orçamento familiar e a quantidade de recursos disponíveis para o acesso a bens e serviços. De modo geral, regiões com menores níveis de renda são também as regiões com os maiores tempos de deslocamento, são mais dependentes do transporte público, têm menos acesso à infraestrutura e serviços públicos”, informa a Rede Nossa São Paulo.

Se na cidade de São Paulo a desigualdade é grande, a nível Brasil os índices pioram. Um estudo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), do ano passado, mostrou que o rendimento mensal das famílias brasileiras é de R$ 5.088,70. Porém, se as famílias forem separadas por faixas de rendimento, quase 24% delas vivem com R$ 1.245 mensais, em média.

“Vale lembrar que, dentro dessa classe de rendimento, você encontra ainda mais desigualdades, já que estamos falando de uma média e dentro desse grupo [dos que têm rendimento mensal de até dois salários mínimos] há famílias que não recebem sequer um salário mínimo por mês”, explicou André Martins, gerente da pesquisa.

Ainda de acordo com o IBGE, o rendimento mensal domiciliar per capita (por pessoa) da população residente em São Paulo é de R$1.945,73, sendo que em outros Estados, como no Pará, esse valor cai para R$806,76.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.