Água Espraiada e Campo Belo ganham primeiro podcast dedicado à região

0
734

PodAE tem apoio do Instituto Jatobás


Com a proposta de ser uma rádio comunitária, o podcast PodAE, dedicado à região de Água Espraiada e Campo Belo, estreia dia 1º de novembro nas plataformas de streaming. Idealizado pelos moradores da favela do Zoião, Bruno Spindola e Júlio César, o projeto é fruto do programa Líderes em Movimento, do Instituto Jatobás, sendo um dos seis selecionados no 1º Edital de Apoio a Microprojetos, que tem o objetivo de apoiar e promover ações de lideranças comunitárias, coletivos e organizações do território a partir de um capital semente. No mesmo dia do lançamento do PodAE (01/11), será comemorado com uma confraternização no galpão do Instituto Jatobás, a partir das 18h, para todos os moradores do território.

A Rede Espraiada, instituto comunitário no território do Campo Belo e Água Espraiada e responsável pelo edital, faz parte da parceria entre o Instituto Jatobás e o Programa Transformando Territórios, que visa fomentar a criação e fortalecimento de institutos e fundações comunitárias no Brasil. Sua missão é atuar como ponte entre as potencialidades do território e aqueles que desejam contribuir para o seu desenvolvimento, maximizando o impacto do trabalho realizado por lideranças comunitárias, coletivos e organizações sociais.

Gravado diretamente do estúdio disponibilizado para a comunidade no Galpão do Instituto Jatobás, a primeira temporada é composta por dez episódios com um novo convidado que contará sobre a sua própria história e a como vivencia a Espraiada, a partir da relação e proximidade com o território. Os episódios serão quinzenais. “O podcast é uma representatividade da Espraiada, com o foco em coisas boas, união e coletividade de todos os moradores. Queremos mostrar os artistas que a Espraiada criou e como as favelas daqui são unidas”, afirma o cofundador Júlio César.

Já Bruno Spindola reforça como o rapper Sabotagem foi inspiração para o desenvolvimento do PodAE. O artista foi e ainda é uma das maiores influências das periferias e favelas da zona sul de São Paulo, mesmo após a sua morte em 2003. “Ele é nossa principal referência. Foi por meio do álbum ‘Rap é Compromisso’ que sentimos a necessidade de criar esse podcast e mostrar a Espraiada para além do que a mídia mostra, apresentando as coisas boas que acontecem aqui. Queremos realizar tudo que ele nos ensinou em suas músicas”, afirma.

O líder comunitário Daniel Almeida é o primeiro convidado e também cofundador do podcast do PodAE. Morador da favela do Campinho, uma das comunidades da Água Espraiada, Daniel iniciou seu trabalho de liderança em 1990, quando começou a participar do movimento da rádio comunitária Dimensão FM. No podcast, fala sobre a importância da comunidade, da liderança no território e como foi o seu trabalho na época da rádio. Danilo Santos e Karina Pio também são líderes comunitários da região convidados do PodAE. Danilo traz a sua experiência sobre o impacto positivo da prática de esporte na vida das crianças e adolescentes da comunidade e Karina ressalta a relevância de iniciativas sociais e a importância de capacitar as mulheres desta região.

Junior Videira, do Projeto Mochileiros de Cristo; Mayara Torres, advogada e candidata a deputada estadual por SP pelo PSB em 2022; Roberto Bonilha, subprefeito do Jabaquara, Wes Kila, artista, modelo e fashionista, morador do território também, estarão na primeira temporada do PodAE. Além das plataformas digitais, o podcast será disponibilizado no canal do Youtube da TV Doc Capão, apoiadora do projeto.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.