Abrigo do Governo do Estado protege 21 pessoas do frio com cobertores, colchões e comida do Bom Prato

0
1314

A partir das 19h desta sexta-feira (19), abrigo volta a ser montado com atendimento até as 8h de sábado


A nova frente fria derrubou as temperaturas pela terceira vez no ano e fez com que o Governo do Estado reativasse a infraestrutura do abrigo Noites Solidárias na estação Pedro II do Metrô.

Foram acolhidas 21 pessoas, todos homens, em situação de rua na noite desta quinta-feira (18) a partir das 19h. Essas pessoas receberam colchões para dormir, kits de higiene, cobertores e refeições gratuitas entregues pelo Programa Bom Prato Móvel.

O alojamento também estará aberto a partir das 19h desta sexta-feira (19) para acolher pessoas em situação de rua. Há capacidade no alojamento para atender 100 pessoas por noite com cobertores e colchões, podendo ser ampliado rapidamente e chegar a 400 pessoas. A entrada do abrigo Noites Solidárias é pela Estação Pedro II do Metrô; na Rua da Figueira, s/n; Bairro Sé, Centro.

Durante a semana, a Defesa Civil emitiu estado de alerta para temperatura mínima abaixo de 10ºC em todo o território da cidade de São Paulo para esta quinta e sexta-feira (dias 18 e 19).

O sobreaviso da defesa Civil na queda brusca de temperaturas recomenda atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Sendo assim, o alojamento temporário do governo foi ativado para prestar conforto térmico a essas pessoas em um local seguro durante a noite.

Além da oferta de 200 cobertores pelo Fundo Social, haverá jantar aos acolhidos por meio de uma unidade do Bom Prato Móvel. Na manhã seguinte, os abrigados são encaminhados à unidade 25 de março do Bom Prato para o café da manhã.

As duas edições anteriores da ação Noites Solidárias atenderam ao todo 304 homens, mulheres e crianças. Uma das ocasiões foi no mês de maio (179 pessoas) e a outra no início de junho (125 pessoas).

O trabalho envolve as secretarias estaduais de Desenvolvimento Social e Transportes Metropolitanos, com o apoio da Defesa Civil estadual e do Fundo Social de São Paulo.

Inverno Solidário

A Campanha Inverno Solidário, do Fundo Social de São Paulo, completa três meses com saldo de doação de mais de 215 mil cobertores para pessoas em situação de vulnerabilidade em São Paulo.

Desde o início da campanha, já foram arrecadados, só no depósito do FUSSP, na Zona Oeste da cidade, mais de 83 mil unidades, e destes, 78,8 mil já foram enviados para municípios e entidades assistenciais. Em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, são realizadas doações para pessoas em situação de rua nos dias de temperaturas mais baixas.

O Fundo Social continua recebendo doações até 21 de setembro. As entregas de cobertores podem ser feitas em pontos de coleta instalados nas estações de trens e metrô, terminais de ônibus da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) e unidades do Poupatempo.

A iniciativa também possui uma conta bancária específica para compra de cobertores, e já recebeu em doações o valor de R$ 201,7 mil, que serão utilizados para compra de mais 6,7 mil unidades. Municípios e empresas parceiras de arrecadação também estão recebendo doações que serão contabilizadas ao fim da campanha. Do total de cobertores distribuídos, 125 mil foram comprados com recursos do próprio Fundo Social para distribuição aos municípios paulistas.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.