A vacina contra a Covid-19 vem para somar e não substituir as medidas sanitárias

0
15

Com a adoção de medidas sanitárias e a conscientização de trabalhadores e sociedade afastaremos o risco de aumentar ainda mais os casos da doença.

O Brasil, apesar da pandemia, é destaque positivo, segundo os Indicadores da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que apresenta a economia brasileira com um “aumento constante” e prevê crescimento de 2,6% do PIB nacional nesse ano.

Essa projeção é o retrato do retorno às atividades que presenciamos e, até que todos sejam imunizados, precisamos continuar adotando, de verdade, os protocolos sanitários. A vacina é fundamental, mas não é suficiente para em curto prazo, retomarmos nossa vida como antes.

E é nesse momento que quem cuida da saúde dos trabalhadores ganha ainda mais relevância, a saúde ocupacional se destaca, cuidando da saúde do trabalhador, física e mental, orientando todos, e cada um, sobre a importância de manter as medidas sanitárias, em casa e no trabalho, para que fiquemos todos ilesos até que a vacina chegue a cada um de nós.

Informação, informação e informação

É de suma importância que os trabalhadores sejam informados com antecedência sobre as regras do plano de retorno e das medidas sanitárias que serão adotadas. Só com muita informação os protocolos de segurança e saúde dos trabalhadores serão observados e respeitados.

A informação é que vai fazer o trabalhador aderir aos protocolos e entender as mudanças necessárias.

O empreendedor precisa ter em mente que essas e outras ações têm o objetivo de preservar a saúde de todos que frequentam suas empresas.


RICARDO PACHECO é médico, especialista em gastroenterologia, e diretor da OnCare Saúde

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.