Sete AMAs da Zona Sul, fechados desde março, serão reabertos pela Prefeitura

0
664

No total serão 13 AMAs reabertos após Prefeitura desistir da reorganização do sistema municipal de saúde, proposta do ex-prefeito João Doria

 

Cerca de 13 Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs), que foram fechados em março após uma reorganização do sistema de saúde, serão reabertas. O anúncio foi confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde.
“Essa reestruturação está cancelada. Nós estamos retomando os serviços então, nas sua plenitude, nessas 13 unidades para dar o atendimento normal a população”, afirmou o secretário municipal, Edson Aparecido.
Desse total, sete AMAs estão localizadas na Zona Sul da capital. São elas:
AMA/UBS Integrada Jardim Capela;
AMA/UBS Jardim Miriam;
AMA/UBS Jardim Mirna;
AMA/UBS Parque Dorotéia;
AMA/UBS Parque Novo Santo Amaro;
AMA/UBS Vila Joaniza;
AMA/UBS Vila Missionaria.
Segundo o Ministério Público, durante a reestruturação, a Prefeitura demitiu 183 funcionários em nessas AMAs que ficam nas Zonas Sul, Oeste e Norte. Agora, a Secretaria da Saúde vai recontratar 61 médicos que foram demitidos e, até o fim do ano, pretende chamar mais 146 profissionais.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.