Prefeitura proíbe circulação de mototáxis em SP

0
272

A multa para quem descumprir a lei é de R$1 mil. Também foi vetado o transporte de material inflamável nas motocicletas

 

Nesta quarta-feira (6) a Prefeitura de São Paulo sancionou uma lei que proíbe mototáxis na cidade. Também ficou proibido o transporte de material inflamável nas motocicletas.
A multa para quem descumprir a lei é de R$1 mil, e em caso de reincidência, haverá apreensão da motocicleta.
Em 2009, uma lei federal, sancionada pelo presidente Lula, regulamentou a profissão de mototáxista no Brasil, mas cada município ficou responsável por estabelecer as regras do serviço. Em São Paulo, as regras ainda não haviam sido estabelecidas, inclusive, em 2016, foi criado um aplicativo que fazia serviços de mototáxi, o que gerou transtornos à administração municipal.
Os criadores do projeto de proibição ao mototáxi, vereadores Antônio Donato (PT) e Adilson Amadeu (PTB), justificaram que a cidade de São Paulo tem um alto índice de acidentes com motociclistas.
Em levantamento divulgado no último mês, o Infosiga SP contabilizou que o segmento mais elevado no número de mortes em acidentes viários é o dos motociclistas, que chega a 33%. Cerca de 60% dos acidentes com motociclistas acontecem em cidades, e a maioria das vítimas são homens entre 18 e 29 anos.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.