Prédios de SP devem pôr em dia sistemas de combate a incêndios, informa pesquisa

0
414

Muitos desconhecem a obrigatoriedade do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros

 

Os condomínios residenciais e comerciais de São Paulo que ainda não possuem o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros precisam adotar com urgência medidas para colocar em dia seus sistemas de combate a incêndios, garantindo, assim, segurança aos condôminos, funcionários e visitantes.
O alerta surge em um levantamento feito pela administradora de condomínios, Lello, que apontou que 26% dos prédios de sua carteira, a maioria residenciais e situados na capital paulista, estão irregulares em relação a seus sistemas de combate a incêndio.
Os dados refletem uma amostragem de 2.057 prédios, a maioria na cidade de São Paulo. Os dados são relativos apenas aos condomínios gerenciados pela Lello.
Entre os condomínios com irregularidades, os principais fatores são desconhecimento da obrigatoriedade do AVCB para prédios residenciais por parte dos síndicos, ausência de fiscalização pelo poder público e custos correspondentes a adequações físicas e estruturais, especialmente nos prédios mais antigos.
Segundo o estudo da administradora, no Morumbi, 76% dos condomínios da carteira da empresa estão regulares em relação a seus sistemas de combate a incêndios. Na região de Moema, 87%. Na Vila Mariana os sistemas de combate a incêndio estão em dia em 82% dos condomínios administrados pela Lello, e na região do Itaim e Vila Nova Conceição, 77%.
No Guarujá, por exemplo, 60% dos prédios não possuem o AVCB e na Riviera de São Lourenço, 56%.
No Estado de São Paulo, uma lei complementar estadual de 2015 assegura poder de polícia ao Corpo de Bombeiros, autorizando a entrada deles nos prédios sem avisar para verificar o sistema de segurança contra incêndios, mas, na prática, não houve regulamentação desse ponto.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.