Pesquisa revela que a Zona Sul de SP tem o condomínio mais caro da cidade

0
741

O valor de condomínio na capital varia 387%, conforme  o número de apartamentos e na Zona Sul chega a R$864,36, em média

 

Pesquisa da administradora Lello Condomínios, aponta que o valor do condomínio pago pelos paulistanos chega a variar 387,8%, dependendo do número de apartamentos de cada empreendimento. A média da cota na capital paulista é de R$ 778,35 mensais.
O levantamento foi realizado com base em uma amostragem de 2.244 condomínios residenciais em diferentes bairros da cidade.
A Zona Sul tem o condomínio mais caro da cidade: R$ 864,36, em média. Na região, os moradores dos prédios com até 30 apartamentos pagam R$ 1.714 por mês, enquanto os que residem em prédios entre 31 e 70 unidades têm taxa média de R$ 815,03. Os condomínios que possuem entre 71 e 150 apartamentos têm condomínio médio de R$ 558,80, e os que possuem mais de 150 unidades têm cota de R$ 369,59. A arrecadação mensal média de cada prédio da Zona Sul é de R$ 65.910,36, e a inadimplência fica em 3,23%.
Enquanto nos prédios que possuem mais de 150 apartamentos o condomínio médio é de R$ 314,44, nos empreendimentos com até 30 unidades esse valor chega a R$ 1.533,60. Já nos condomínios com número de apartamentos entre 31 e 70 a cota é de R$ 753,66, enquanto naqueles que possuem entre 71 e 150 unidades a taxa é de R$ 511,44 mensais. A arrecadação mensal média de cada prédio paulistano é de R$ 59.657,55, e a inadimplência no pagamento da cota (boletos em aberto após dois meses) fica em 3,79%.
“O fator determinante do valor do condomínio é a quantidade de condôminos que dividem a conta do conjunto de despesas do prédio. Assim quanto mais apartamentos o empreendimento tiver, menor tende a ser o valor da cota paga pelos moradores”, explica Angélica Arbex, gerente de Relacionamento com o Cliente da Lello Condomínios.
Ainda segundo a Lello, 23% dos condomínios da cidade ficam na zona leste, 14% estão na zona oeste, 11% na zona norte e 52% na Zona Sul.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.