Paulistanos recebem atendimento sobre a hepatite em estações de metrô da Zona Sul

0
341

Os passageiros da Linha 5-Lilás terão acesso a informações sobre prevenção e poderão fazer testes de detecção da doença

 

No mês de outubro, as estações Largo Treze e Santo Amaro, na Linha 5-Lilás, recebem uma ação para conscientizar os passageiros sobre a hepatite, com a realização de um rastreamento precoce na doença. A ação é uma parceria com a Associação Brasileira de Portadores de Hepatites (ABPH) e faz parte do Projeto Mundial Hepatite Zero, realizado com apoio do Rotary Club, que tem como objetivo identificar os portadores do vírus, oferecer tratamento e dar suporte clínico e psicológico.
Os passageiros poderão fazer testes rápidos e gratuitos, além de receber informações sobre prevenção e cuidados com a doença. O exame é realizado por meio de uma picada no dedo para retirada de uma gota de sangue, com diagnóstico instantâneo.
“A hepatite C mata duas vezes mais do que a AIDS. Somente nos EUA, em 2015, a hepatite C matou mais do que todas as doenças infecciosas juntas. Mas, se descoberta e tratada a tempo, ela tem cura”, afirma o Dr. Rogério Alves, especialista da ABPH.
Atualmente, a hepatite atinge cerca de 3 milhões de pessoas com os vírus B e C. Em todo o mundo, cerca de meio bilhão de pessoas tem o vírus B e C, sendo que, apenas 5% estão diagnosticados.
A Campanha de rastreamento precoce da hepatite, acontecerá sempre das 10h às 16h. Na estação Largo Treze será entre os dias 1 a 3 de outubro e, na estação Santo Amaro entre os dias 8 a 10 de outubro.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.