Passageiros do Terminal Santo Amaro recebem livros de graça em projeto da Prefeitura

0
378

Cem mil exemplares de dez obras da literatura universal serão distribuídos em quiosques de cinco terminais de ônibus da cidade para estimular a leitura entre os usuários do transporte público

 

Nesta quinta-feira (6) passageiros que passarem pelo Terminal Santo Amaro podem levar, gratuitamente, um livro para casa. A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e da SPTrans, promove, a partir deste mês, o projeto De Mão em Mão. O objetivo da ação é estimular a leitura entre os usuários do transporte público.
Cem mil exemplares de dez obras da literatura universal serão distribuídos em quiosques de cinco terminais de ônibus da cidade: Sacomã, Santo Amaro, Parque Dom Pedro, Terminal Bandeira e Cachoeirinha. A ação acontece de segunda a sexta-feira em dois horários, das 7h às 10h e das 17h às 20h.
Os munícipes poderão escolher o livro de sua preferência e terão o compromisso de, terminada a leitura, passá-lo para outra pessoa. A distribuição irá continuar nos terminais, nos mesmos dias da semana, enquanto durarem os estoques.
“É uma ação da Prefeitura de São Paulo com o objetivo de levar cultura para todos os cantos da cidade, especialmente à população que não tem condições de pagar por livros. A importância desse projeto é incentivar a leitura e o compartilhamento dos livros para que todos possam ter acesso, por isso que fizemos nos terminais de ônibus para mostrar que a gente quer que eles circulem pela cidade”, destacou o prefeito Bruno Covas.
As obras selecionadas são os livros:
O Cão dos Baskerville, de Arthur Conan Doyle;
A Máquina do Tempo, H. G. Wells;
A Ilha do Tesouro, de Robert Louis Stevenson;
Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe;
Viagem ao Centro da Terra, de Júlio Verne;
O Ladrão de Casaca, de Maurice Leblanc;
O Retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde;
A Volta do Parafuso, de Henry James;
O Estranho Caso do Doutor Jekyll e do Senhor Hyde, de Robert Louis Stevenson;
O Fantasma de Canterville, de Oscar Wilde.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.