Moradores reclamam de cobrança indevida do IPTU no Brooklin

0
507

Condôminos receberam 6 boletos, ao invés de 1, e dizem que já pagaram as taxas

Moradores de um condomínio no Brooklin estão preocupados com o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano. Isso porque eles estão sendo cobrados pelos anos de 2013 à 2017, e receberam 6 boletos do IPTU, com vencimento para esse mês. A situação contraria a norma, já que todas as pessoas recebem apenas um carnê por ano.
O problema aconteceu, pois, até 2017, os moradores dividiam um único imposto, que era cobrado junto com a taxa de condomínio, e a administração do prédio estava responsável por pagar as contas para a Prefeitura.
Em 2017, foi feito o desdobro e cada morador passou a pagar o imposto referente ao seu apartamento. Agora, eles reclamam que estão sendo cobrados por algo que já pagaram.
“A gente está sendo cobrado em duplicidade porque isso aqui já foi pago pelo condomínio. Todos esses anos vem sendo arrecadado, a gente tem todos os comprovantes de pagamento. E agora chegaram esses boletos pra gente e estamos muito assustados”, diz uma moradora.
De acordo com Pedro Ivo Gândra, subsecretário da Fazenda municipal, os moradores devem pedir o desdobro do imóvel. “É uma obrigação tributária que ele tem a cumprir. Como isso só foi feito em 2017, quando é feito o desdobro, por obrigação legal, a gente tem que retroagir para a data de instituição do condomínio. O valor que eles pagaram é que era indevido”, disse.
Mesmo com provas de que o IPTU foi pago, a instrução é realizar o pagamento para que o nome não entre no cadastro de da dívida do município.
Segundo a Prefeitura, haverá devolução dos valores considerados indevidos.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.