Moradores do Brooklin protestam contra fechamento de UBS que não teve aluguel renovado

0
568

A Secretaria Municipal da Saúde transferiu os atendimentos para outra UBS, que não tinha água

 

No mês de junho, moradores do Brooklin se reuniram para fazer um protesto contra o fechamento da UBS Meninópolis. O protesto foi organizado pela Associação de Moradores da Vila Cordeiro (VIVACORD).
“Iniciamos o movimento há 2 meses. Fizemos abaixo-assinado com mais de 2 mil assinaturas, contra o fechamento da UBS”, explicou Régis Gabriel, diretor da VIVACORD.
A UBS, que é dividida em dois lotes, seria fechada pois o contrato de aluguel não foi renovado com um dos proprietários do imóvel, que não aceitou a redução de 30% nos contratos de locação de imóveis, conforme decreto assinado pelo então prefeito João Doria, em janeiro de 2017.
Diante do fechamento iminente, a solução encontrada pela Secretaria Municipal de Saúde foi remanejar os atendimentos para a UBS Jardim Edite. Porém, muitos usuários não foram atendidos pois a UBS estava sem água. De acordo com a Coordenadoria Regional de Saúde, “o registro foi religado quando se percebeu que o abastecimento da unidade estava comprometido”.
Para impedir o fechamento, a VIVACORD se reuniu com o secretário municipal de Saúde, Wilson Pollara. A Associação alega que 70% da população do bairro são idosos e que, além dos atendimentos médicos, a UBS Meninópolis funciona como um espaço de convivência para os frequentadores.
Na reunião, o secretário prometeu, até o fim deste ano, a instalação do projeto “Vila Cordeiro Amigo do Idoso”, iniciativa da VIVACORD.
Quanto a UBS Meninópolis, a Prefeitura afirmou que vai devolver o imóvel ao proprietário que recusou a oferta de redução de aluguel. A outra parte do imóvel manterá a UBS até o final do ano, conforme acordo com o outro proprietário, que aceitou a redução.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.