Moradores de Santo Amaro são vítimas de furtos de rodas de carros

0
478

“A maioria das famílias deixam os carros na rua e sempre foi tranquilo, mas a situação está ficando vulnerável”, disse uma moradora

 

Moradores de Santo Amaro tem sido vítimas de um novo tipo de furto: rodas de carro. Alguns deles são acostumados a deixar seus carros na rua, já que muitas casas não tem vagas suficientes nas garagens. Mas, nas últimas semanas, pelo menos três casos desse tipo de furto já foram registrados.
Os casos aconteceram entre as ruas Leontina Attuy Nogueira, Hernani Pires de Campos Seabra, Padre José de Anchieta e Rua Professor Authos Pagano.
“Eles vêm de madrugada quando não tem guarda ou no domingo, quando também não tem guarda. A nossa rua é de trânsito residencial. A maioria das famílias deixa os carros na rua e sempre foi tranquilo, mas a situação está ficando vulnerável”, disse a moradora Elaine Mosca.
Uma das vítimas foi Patricia Stuewe. Ela, que não tem o costume de deixar o carro na rua, precisou fazer isso em uma madrugada. No dia seguinte, quando acordou, a vizinha lhe deu a notícia de que seu carro estava com apenas duas rodas. A ação do bandido foi filmada por uma câmera de segurança.
“Aconteceu às 4h30 da madrugada do dia 03 de setembro. Nas imagens dá pra ver a placa do carro dele. Ele chegou de carro. Foi na praça, pegou duas pedras e colocou embaixo do meu carro. Colocou o macaco e tirou as duas rodas. Depois voltou, pegou o carro dele, colocou as duas rodas dentro e foi embora”, conta Patricia.
A Secretaria de Segurança Pública informou que “o caso citado pela reportagem é investigado pelo 11º DP (Santo Amaro). Policiais da unidade realizam diligências para encontrar imagens de câmeras de segurança na região que tenham flagrado o momento do furto para identificar os autores. Cabe destacar que a região do 11º DP apresentou queda de 3,27% dos furtos e 8,33% dos furtos de veículos nos sete primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período de 2017. A PM acompanha a variação de registro de ocorrências para definir os itinerários das radiopatrulhas e os programas de policiamento complementares para a área”.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.