Moradores da Vila Cordeiro reivindicam legalização de praça

0
523

Via foi transformada em praça em 2012, mas ainda não é reconhecida como área verde

 

Desde 2012, moradores da Vila Cordeiro tentam transformar uma rua em praça. Na realidade, a área já é um praça. Foi criada em 2012 quando uma emenda parlamentar de um vereador da Zona Sul custeou o projeto, que é desenvolvido pela da Associação de Moradores da Vila Cordeiro (VIVACORD). Como a região é carente de espaços verdes, o número 481 da Avenida Jurubatuba foi transformada na Praça do Idoso.
O problema, segundo Régis Gabriel, representante da VIVACORD, é que até hoje o lugar não foi oficializado como praça. “Queremos a legalização da praça como área verde do município de SP, com isso o Hospital que está em frente da praça, poderá assinar um termo de cooperação com a Prefeitura Regional de Pinheiros e realizar melhorias na Praça Amiga do Idoso. Com a legalização poderemos dar finalmente um nome para a praça. Já foi feito um abaixo-assinado e enviado ao vereador para dar o nome da praça mas não conseguimos pois não está oficializada”, explicou.
O vereador Gilberto Natalini já enviou um ofício à Secretaria das Prefeituras Regionais para “solicitar providências para desafetar trecho do leite carroçável…para transformá-lo em área verde”.
Régis diz que a questão é constantemente discutida pelo Conselho Participativo Municipal da região, do qual ele é membro, e que já entraram em contato com a prefeita de Pinheiros, mas nunca foram atendidos.
Em nota, a Prefeitura Regional de Pinheiros disse que realiza periodicamente os serviços de zeladoria na região e que o processo de legalização da praça citada pela reportagem deve ser tratado na câmara dos vereadores através de um projeto de lei que altere o leito carroçável (rua) para praça pública”.
Sobre a participação da prefeita Juliana Ribeiro nas reuniões do Conselho Participativo Municipal, disseram que enviam “sempre que possível, um representante da regional para que acompanhe as discussões”.
A Secretaria Municipal das Prefeituras Regionais não informou sobre o ofício enviado pelo vereador solicitando providências na praça.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.