Morador reclama de falta de acessibilidade em rua de Santo Amaro

0
32

Em tempo, Prefeitura pretende mudar calçadas da cidade e fez consulta à população

 

A reportagem do Grupo Sul News recebeu uma denúncia do morador Alexandre Maltoni. Ele afirma que a Rua Cancioneiro Popular, na Chácara Santo Antônio, “não tem sinalização de trânsito, faixa de pedestres e guia rebaixada para cadeirantes. Já pedi para a Prefeitura de São Paulo, mas até agora não fizeram nada”, revela.
Pessoas ajudam moça que está na cadeira de rodas e não consegue subir em calçada alta
Neste mês, a Prefeitura publicou um decreto com o objetivo de padronizar as calçadas na cidade, e abriu uma consulta pública para saber as opiniões da população quanto ao tema. Atualmente, diversas leis e decretos regem a forma como a cidade deve fazer a construção, manutenção e reforma de calçadas. E também os deveres do município e dos moradores.
Uma das prioridades do decreto é aumentar o espaço dos pedestres e fazer três faixas: uma de serviço (para equipamentos e mobiliário urbano), uma faixa de acesso (para rampas de estacionamento) e uma faixa de pedestres.
O espaço para o pedestre deve ser proporcional ao tamanho da calçada. Por exemplo: as calçadas que tiverem mais de 2,40m, tem que ter, no mínimo, 50% do espaço livre para quem estiver a pé, e não apenas 1,20m que é o espaço mínimo atual.
Sobre a reclamação do morador de Santo Amaro, a Prefeitura Regional de Santo Amaro, responsável pelo rebaixamento de guias, informou que “a primeira providência é da CET quanto à implantação da faixa de pedestres e na sequência, serão executadas as rampas de acessibilidade nas calçadas adjacentes”.
Procurada, após inúmeras tentativas, não obtivemos resposta da CET quanto à implantação da faixa de pedestres.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.