Ministério da Saúde revela que doação de órgãos cresceu 7% desde o ano passado

0
256

Dia Nacional da Doação de Órgãos é lembrado nesta quinta-feira (27)

 

Cerca de 32 mil pessoas esperam por um transplante em todo o Brasil, e o Dia Nacional da Doação de Órgãos, lembrado nesta quinta-feira (27), tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de órgãos.
Segundo a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), via Registro Brasileiro de Transplante (RBT), o crescimento na doação foi de apenas 1,7%, em comparação com o ano passado. Entre 2017 e 2016, o crescimento foi consideravelmente maior, registrando 3,5%, o que ainda não foi suficiente para reduzir a fila de pessoas que esperam por um órgão.
Dados do Ministério da Saúde, divulgados hoje, revelam um crescimento de 7% no número de doadores efetivos (pessoas que iniciaram cirurgia para retirar órgãos que serão transplantados em outras pessoas), passando de 1.653 para 1.765. O Ministério da Saúde prevê que o Brasil ultrapasse a meta do Plano Plurianual que prevê o alcance de 15 doadores efetivos (por milhão da população) e atinja 17 doadores efetivos até o fim de 2018.
O órgão que mais possui pacientes na fila é o rim, com mais de 21 mil pessoas que aguardam um doador. No Brasil, cerca de 96% dos transplantes de órgãos são realizados em hospitais públicos.
Em 2018, a campanha nacional de doação de órgãos promove o slogan: “Espalhe Amor. Doe órgãos”.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.