Há mais de um ano, morador solicita corte de árvore que danifica sua casa na Vila Cordeiro

0
571

Já foram feitas diversas solicitações desde janeiro de 2017, e raízes altas da árvore continuam danificando a calçada e a garagem

 

Desde janeiro de 2017, Pedro Mirabile, morador da Vila Cordeiro, solicita à Prefeitura a remoção de uma árvore que está na calçada da casa dele. O problema é que as raízes da árvore estão muito altas, o que elevou o piso da calçada e afeta a estrutura do imóvel.
A Eletropaulo, sempre que chamada, faz a poda da árvore, porém, não adianta. Ele diz que a árvore tende a cair. “A árvore incorporou os fios da Eletropaulo, que sempre poda os galhos, mas isso propicia que a árvore tombe para o lado da rua. Logo vai cair em cima de carros ou das casas do outro lado”, explica.
A primeira solicitação dele ao Portal 156 da Prefeitura foi no dia 10 de janeiro do ano passado. Em maio do mesmo ano ele recebeu resposta que o caso estava em avaliação.
Em 12 de junho de 2018 o caso foi passado para a Ouvidoria da Prefeitura. Então, em 31 de julho de 2018, ele recebeu retorno que o caso seria “encaminhado para execução”.
No dia 21 do último mês, ele recebeu outra mensagem que dizia “encaminhado para execução”. Neste dia ele conversou com um atendente no Chat 156 da Prefeitura e disse que ainda não havia sido atendido. Foi orientado a telefonar para a Defesa Civil, e disseram que “devido ao período eleitoral, só atenderiam o pedido se a árvore cair”.
Mas, no mesmo dia 21 de agosto, foi informado que o caso foi, novamente, enviado para análise.
Nesse meio tempo, ele conversou com um engenheiro da Prefeitura. “Já teve um engenheiro fazendo vistoria em outra casa aqui na rua e ele viu a árvore que está na minha calçada e disse que ela está podre, oca e precisa de corte. Na hora, ele ligou pro chefe dele, que não encontrou minhas solicitações no sistema”.
Em nota, a Prefeitura Regional de Pinheiros informou que já foi realizada vistoria na árvore citada pela reportagem e que “o serviço de remoção da árvore será executado na primeira semana de outubro”.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.