Diferença salarial entre homens e mulheres é maior em bairros nobres, como o Itaim Bibi, do que nas periferias

0
356

Segundo Mapa da Desigualdade, apesar dos piores valores salariais para as mulheres nas áreas mais ricas, é nessas áreas onde são encontradas as melhores oportunidades de trabalho

 

O Mapa da Desigualdade de São Paulo, divulgado na última semana de novembro pela Rede Nossa São Paulo, com dados de 2017 sobre os 96 distritos da capital, revela uma desigualdade salarial entre homens e mulheres em alguns bairros nobres de São Paulo, entre eles o Itaim Bibi.
Segundo o Mapa, ganham menos as mulheres que trabalham na Consolação (- 40%), Saúde (-28%), República (-24%), Itaim Bibi (-19%) e Pinheiros (- 14%). Por outro lado, os salários médios femininos maiores podem ser encontrados no Jaguara (+ 15%), Ermelino Matarazzo (+12%), Jardim Helena (+11%) e Cangaíba (+ 3%).
Apesar dos piores valores salariais para as mulheres se concentrarem nas áreas mais ricas, é nessas áreas onde são encontradas as melhores oportunidades de trabalho. De acordo com a pesquisa da Rede Nossa São Paulo, para cada 38 vagas de trabalho formal no Itaim Bibi, há uma vaga no Jardim Helena, Zona Leste. Apesar da maior oferta de vagas no Itaim, o salário é menor que o dos homens.
Pela taxa de emprego formal, para homens e mulheres, a Barra Funda teve o melhor indicador chegando a 59,24% e a região da Cidade Tiradentes, na Zona Leste, teve o pior indicador com 0,24%. A média na cidade de São Paulo fica em torno de 6,24%.
Segundo o Mapa, atualmente, os homens ganham, em média, cerca de R$ 1500 e as mulheres ganham menos de R$ 940. Assim, apenas em 2047 as mulheres terão equiparação salarial, se mantido a tendência dos últimos 20 anos.
Segundo Américo Sampaio, gestor de projetos da Rede Nossa São Paulo, essa desigualdade acontece, principalmente, devido ao machismo. “Nos distritos ricos, por mais que você tenha áreas com infraestrutura, a desigualdade está presente na remuneração entre homens e mulheres, no machismo da sociedade”, disse.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.