Caravana teatral de Goiânia realiza espetáculos abertos ao público no Campo Limpo

0
264

A cidade de São Paulo foi escolhida para o encerramento das apresentações do projeto”Na Estrada” 

Após passar por três estados brasileiros, o Projeto Na Estrada, formado pelos coletivos Bastet, Farândola e Poesia, da cidade de Goiânia chega a São Paulo para realizar uma série de espetáculos no Espaço Cultural CITA – Cantinho de Integração de Todas as Artes,  no Campo Limpo.
Durante os dias 23, 24 e 25 de maio, o público poderá conferir gratuitamente, três diferentes espetáculos: Rato de Biblioteca, A história é uma Istória e Quando se abrem os Guarda-Chuvas.
Em São Paulo, o projeto está sendo realizada em parceria com o Bando Trapos, companhia de teatro que desenvolve suas atividades no Espaço Cultural Cita, uma ocupação cultural gerida por diversos coletivos do distrito do Campo Limpo.
Sobre os espetáculos

 

Quando se abrem os Guarda-Chuvas  | Farândola Teatro
Um trabalho de teatro físico e poético, que é ao mesmo tempo melancólico e cômico, lírico e áspero, contundente e apaziguador. A oralidade é o ponto de partida da personagem Conceição, uma viúva de mais de 70 anos, que se relaciona com o público de uma maneira calorosa, falando de seu dia-a-dia de pessoa idosa, que viu seu mundo se transformar aos poucos. A espevitada figura fala em futuro, em desejos, em como se relaciona com um mundo cada vez mais veloz e tecnológico, e certifica a audiência de sua autonomia e capacidade de se apropriar de tudo isto, inclusive de sua vontade de novamente amar. Dona Conceição contracena com suas memórias e com personagens que estão do outro lado da ligação ou das redes sociais. Ou seja, quando Dona Conceição abre seu guarda-chuva é tão somente para sair mundo afora, caminhando em direção a um futuro que ainda pode lhe reservar muitas surpresas.
Data: 25 de maio | Às 20h
Atuação e coautoria: Fernanda Pimenta
Direção: Elena Diego
Dramaturgia: João Pedro Fagerlande

 

A história é uma Istória |  Grupo Bastet
Uma comédia de Millôr Fernandes. Espetáculo questionador e atual, que aborda a evolução do homem de forma crítica e reflexiva, derrubando os mitos, questionando os ídolos e ridicularizando os “grandes” feitos da humanidade, contando-os pela ótica dos excluídos, explorados e derrotados. O poder do espetáculo está no encontro com o espectador. Corrupção, exploração do sexo, a miséria humana, a canalhice dos poderosos, a alienação das massas. Tudo isso contado pelo Grupo Bastet, que há 15 anos inquieta-se na criação de obras sobre o mundo que alcançamos e sobre o mundo que sonhamos.
Data: 24 de maio | Às 20h
Elenco: Thiago Moura e Fernanda Pimenta
Direção: Lua Barreto
Direção de atores: Miqueias Paz

 

Rato de Biblioteca | Cia. De Arte Poesia Que Gira 
Uma Ratinha, ávida leitora, e uma Traça, muito sabichona e gulosa, são as protagonistas desta trama, que faz uma defesa divertida do hábito da leitura. O enredo mostra que as duas são moradoras de uma biblioteca pública que está prestes a fechar por falta de leitores. Preocupadas com seus futuros, elas vão armar os mais mirabolantes planos para defender seu lugar de vida e de cultura. O público se torna cúmplice da do estratagema. As atrizes Thaíse Monteiro e Fernanda Pimenta cantam, dançam, tocam instrumentos e se apropriam do circo e do teatro para lembrar o público sobre o poder e a importância dos livros.
Data: 23 de maio | Às 10h
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre
 
O Espaço Cultural Cita está localizado na  R. Aroldo de Azevedo, 20 – Jardim Bom Refugio.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.