Caminhada Rosa abre campanha “Outubro Rosa’ na Zona Sul

0
344

Caminhada tem o objetivo de reivindicar a implantação da 10ª Delegacia da Mulher na região

 

Pelo segundo ano consecutivo, o Instituto Hera Artemisul, em parceria com a Prefeitura de São Paulo, realizaram a “Caminhada Rosa”, dando início a abertura oficial do Outubro Rosa na região sul.
Além de promover um alerta referente a prevenção do câncer de mama, o grande objetivo da “Caminhada Rosa”, que aconteceu no dia 30 de setembro, é reivindicar das autoridades a implantação da 10ª Delegacia da Mulher na região, dentro da 48º DP  Cidade Dutra. E foi justamente para lá que apontou o roteiro da caminhada, onde aconteceu uma parada estratégica para fotos.
A concentração teve início na Praça Enzo Ferrari onde foram montadas diversas tendas com atividades de saúde, beleza e bem-estar para atender o público, com destaque para vacinas da meningite, HPV, aferição de pressão, massagens, autoexame para prevenção do câncer de mama, atendimento psicológico.
“Nós começamos esta luta por conta da 10ª Delegacia da Mulher, por isso estamos aqui. Todos os candidatos prometeram durante a campanha mais delegacias da mulher, então nós vamos cobrar porque não é justo só prometer. Outro serviço que precisamos aqui na região é um Centro de Referência da Mulher (CRM), equipamento ligado a Prefeitura Municipal de São Paulo, que acolhe a mulher vítima da violência. Quando a mulher é atendida na 6º DDM ela tem que ser encaminhada para o CRM mais próximo que se localiza no Capão Redondo. Também, paralelamente a estes projetos, estamos solicitando a implantação no Centro de Integração a Cidadania (CIC Grajaú) e do Centro de Referência e Apoio a Vítima (CRAVI), que é um programa da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, criado em julho de 1998 pelo Governo do Estado de São Paulo para oferecer atendimento público e gratuito às vítimas e seus familiares, de crimes violentos. Este projeto já foi implantado no CIC de Taipas e por que não em nossa região?”, ressaltou a presidente do Instituto Hera ArtemiSul, Lúcia Brugnera.
Cerca de 500 pessoas, entre mulheres, homens e crianças caminharam lado a lado na 2° edição da Caminhada Rosa.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.