Após tentativa de assalto, médica é atropelada e morre no Campo Belo

0
547

A vítima se escondeu atrás do carro, foi atropelada e ficou presa nas ferragens do carro

 

Na última quarta-feira (5) uma mulher foi morta durante um assalto no Campo Belo. A médica Maria Elisa Calippo Aquino de Alencar, de 57 anos, chegava em casa perto das 21h da noite.
Câmeras de segurança mostram os três assaltantes caminhando pela Avenida Dr. Lino de Moraes Leme. Antes de assaltarem a médica eles abordaram outro carro, mas, o motorista deu a ré e fugiu.
A vítima estava dentro do carro na Avenida Dr. Lino de Moraes Leme quando três bandidos anunciaram o assalto. Ela desceu e foi pra trás do veículo. Na fuga os ladrões avistaram um carro da Polícia. Nesse momento os assaltantes deram ré e atingiram a médica. Ela ficou presa nas ferragens e chegou a ser arrastada por alguns metros.
A vítima foi levada para o Pronto Socorro do Hospital São Paulo, mas já chegou sem vida.
A Polícia levou para a delegacia um jovem de 15 anos, que esteve envolvido no assalto. Ele estava com uma réplica de pistola. Outros dois ladrões fugiram. O boletim de ocorrência do 16° DP Vila Clementino diz que “o menor infrator que estava no carro saiu correndo e por isso conseguiram apreendê-lo”. Ele disse os nomes dos outros dois homens que estariam envolvidos na ação e, que, segundo o menor preso, são moradores da favela Alba, que fica próximo do local do crime.
O carro da vítima foi encontrado na Rua General Aldévio Barbosa de Lemos, uma travessa da Favela Alba.

 

 

 

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.